Conceito de Zoofilia

ZoofiliaExistem certas atitudes humanas que parecem ir contra a própria essência pessoal. Assim ocorre no caso da zoofilia, por exemplo, um ato que pode parecer uma simples bobagem, mas não é. A zoofilia mostra a atração sexual de uma pessoa por animais. Mostra o desejo de uma pessoa em experimentar um ser diferente de sua espécie. No entanto, ela é uma vulneração dos direitos dos animais e uma falta de respeito para com eles. Por outro lado, trata-se de um sentimento que vai contra a própria essência do ser humano. O conceito zoofilia veio substituir o termo bestialidade utilizado em outros tempos desde sua origem.

As pessoas que sentem atração física por animais são rotuladas como zoófilas. Trata-se de uma relação que parte de uma condição de desigualdade, uma vez que o ser humano é consciente e responsável por seus atos, entretanto, o animal não tem qualidades humanas como a vontade e a inteligência. Vale destacar que embora seja pouco comum, em certas ocasiões, os animais podem ter relações sexuais com animais de outra espécie.

Vale ressaltar que a zoofilia também é pouco comum para o ser humano. Mas quais são as causas da zoofilia? Uma das principais causas é o sentimento de solidão profunda, o fato de sentir-se isolado por um bom tempo. As pessoas que realizam esse tipo de ato têm um objetivo bem claro: não ser descobertas por seu entorno para não sofrer preconceito social e moral. Trata-se de uma atividade que vive em absoluto sigilo podendo inclusive ser contraditória, onde a pessoa é toda moralista, mas diz uma coisa e faz outra.

É importante enfatizar que a zoofilia é uma forma de parafilia (perversão sexual). A zoofilia é uma prática que pode causar sérios riscos à saúde. Trata-se de uma prática vai contra o convencionalismo social e do senso comum. Portanto, a zoofilia aborda uma profunda reflexão filosófica e psicológica, como também ética em relação aquilo que é certo e ao que é errado.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Zoofilia