Conceito de Versículo

VersiculoO termo versículo é uma das formas mais comuns com as quais se dividem os capítulos de alguns livros, especialmente aqueles de conteúdo religioso, sendo a Bíblia o caso mais emblemático.

Mais particularmente sobre a Bíblia, quem já leu, sem dúvida, reconhece esta divisão que através de frases segmentadas são a marca registrada de cada capítulo. Inclusive há alguns versículos tão propagados pela religião que souberam cobrar da vida além da Bíblia.

No livro A Gênese, por exemplo, o versículo 1:1 “No princípio Deus criou os céus e a Terra”.

No livro O Alcorão, texto sagrado mais importante da religião islâmica, também existe a divisão em versículos dentro de cada capítulo. Esses versículos são chamados especificamente de aleyas e há mais de seis mil e duzentas. A aleya é a menor divisão das azoras ou capítulos, que neste caso são exatamente 114.

Mas não é apenas nos textos religiosos que existe o uso do termo versículo, o mesmo também pode aparecer na literatura em geral.

Mais precisamente na métrica, arte que trata exclusivamente do ritmo, da medida, da estrutura e da combinação dos versos de um poema pode definir o versículo como um verso de extensão não fixa, que não apresenta acentuação, não segue nenhum tipo de rima e não apresenta um cálculo métrico fixo.

Vale destacar que estes tipos de versos são muito comuns na poesia moderna.

Sem ir mais longe ao tempo, o movimento artístico e literário da década de vinte do século passado, conhecido como Surrealismo, soube utilizar como característica marcante os versículos de seus poemas.

A chamada Geração do 27 (de Rubén Darío, José Martí, entre outros) se caracterizou pela vanguarda em matéria de criação literária, foram cultivadores do versículo por permitir liberar os limites típicos que propõe a métrica.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Versículo