Conceito de Versatilidade

VersatilidadeA versatilidade é a qualidade de fazer diferente. Quando se diz que uma pessoa é versátil significa que ela tem interesses e habilidades muito diferentes.

As pessoas são chamadas de cultas quando sabem sobre diversos temas como arte, ciência, esporte, etc. Ter interesse sobre diferentes conhecimentos e não relacionados à profissão que pratica faz com que a pessoa tenha versatilidade. Isso significa que uma pessoa versátil seja de caráter aberto e com curiosidade intelectual em diversas áreas. Em certas ocasiões, a versatilidade é empregada como uma característica não positiva, pois é utilizada como sinônimo de dispersão e de algo próprio de quem não é capaz de focar em algo específico.

Deve-se compreender, portanto, que o termo versatilidade pode ter dois significados (um positivo e outro negativo) dependendo do contexto.

No sentido positivo, a versatilidade significa pluralidade de interesses, iniciativa, curiosidade, vitalidade e, em definitivo, é entendida como uma característica valiosa.

No sentido negativo, a versatilidade é considerada uma atitude ambivalente, pouco prática, própria de amadores ou pessoas inconstantes. Inclusive existem alguns ditos populares a respeito: “pau pra toda obra”, “pensa que sabe tudo, mas não sabe nada”. Estes são alguns exemplos depreciativos do sentido.

Ambas as interpretações podem ser válidas, dependendo das razões argumentadas. Este exemplo pode nos explicar melhor. Um médico que gosta de medicina em geral e se interessa por todos os ramos por igual. Esta atitude é positiva, de modo que todos os conhecimentos sejam úteis, e paralelamente, é negativa, assim que é quase impossível especializar-se em apenas um ramo sem conhecer os demais. Seguindo com um exemplo parecido, se um médico é especializado em retina e em sua vida pessoal tem interesses diferentes, significa que é uma pessoa versátil e ao mesmo especializado.

Na história da humanidade, há alguns exemplos ilustres de versatilidade (neste caso, no sentido positivo). Destaca-se a figura de Leonardo da Vinci, um artista do Renascimento que pintava, esculpia, escrevia e criava tudo com divina perfeição. Seu caso é paradigmático e pode-se dizer que é praticamente uma exceção, pois não é normal uma pessoa ter profundo conhecimento sobre diversas áreas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Versatilidade. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/versatilidade >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Versatilidade