Conceito » Universidade

Conceito de Universidade




O termo universidade provem do latim “universitas” cujo significado esta relaciona com “conjunto, universalidade, comunidade”, entretanto o uso deste termo com o conceito com que é hoje empregado tem origem na expressão “universitas magistrorum et scholarium,” comunidade de mestres e estudiosos o que nos leva a definir uma universidade como uma comunidade multidisciplinar onde os mestres detentores do conhecimento passam os mesmos aos estudiosos em busca de aprimoramento intelectual e profissional.

A principal função de uma universidade é compartilhar os conhecimentos necessários para o desenvolvimento de um novo profissional e para o abastecimento do mercado de trabalho sendo que este individuo deve ser formado de maneira eficiente para que saiba lidar com a extensão de suas atividades e assim manter esse conhecimento em bom uso. Existem duas formas básicas de se compartilhar conhecimento em uma universidade: a graduação, que é a formação em nível superior que garante ao individuo um diploma de graduação no curso por ele estudado; e a especialização, que são os cursos de extensão profissional onde o individuo tem a oportunidade de aprimorar os estudos na área de interesse e que lhe outorga títulos de especialista a PHD (pós-doutorado), o mais alto e respeitável nível de estudo que um individuo pode alcançar em seus anos de estudo.

Outra função da universidade porem não menos importante é a atualização dos conhecimentos através de projetos de pesquisa. Esses projetos têm por finalidade a gerar novos conhecimentos através de estudos e testes realizados sobre hipóteses levantadas das observações feitas nos conhecimentos anteriores, mas que ainda não foram testados para serem dadas como verdadeiras. Uma vez provada esta hipótese ela se torna um novo conhecimento a ser partilhado nas salas de aula das universidades.

Para se ingressar em uma universidade é necessário concluir os estudos básicos (níveis fundamental e médio) e ser aprovado no processo seletivo do instituto de sua escolha. As regras desse processo podem variar de acordo com a instituição, mas geralmente ele é realizado na forma de uma prova para avaliação dos conhecimentos gerais do indivíduo, sendo esta prova chamada de vestibular e as vagas preenchidas de acordo com a colocação no mesmo.

No Brasil, as universidades são classificadas de duas distintas maneiras, A primeira e mais simples de ser explicada é pela origem de seu dinheiro que pode ser publico, e o órgão mantenedor é o governo e os alunos não necessitam pagar nada pela educação recebida, ou privada onde os mantenedores são empresários ou institutos e a educação fornecida vem entre outras coisas com um custo mensal que se não é pago desabilita a estudante do direito de permanecer estudando nela. Outro critério classificatório é a nota pela qualidade dos estudos oferecidos que é avaliado pelo MEC (Ministério da Educação e Ciência) por meio de vários critérios.

Geralmente as maiores notas classificatórias do MEC são das universidades publicas que infelizmente conta hoje com pouquíssimas vagas por curso e uma procura muito grande todos os anos fazendo sua seleção cada vez mais rigorosa e cujos alunos aptos a estudar geralmente vieram de escolas básicas privadas com excelente base de formação

>> Próximo - Que Conceito >>