Conceito de Taquicardia

TaquicardiaA taquicardia é o aumento da frequência cardíaca acima dos valores considerados normais, ou seja, acima dos 100 batimentos cardíacos por minuto em um adulto.

Ela afeta o coração e pode ser notada ao tomar o pulso ou auscultar o paciente, muitas vezes, apresenta-se de forma assintomática sem que a pessoa esteja ciente ou tenha consciência disso, em outros casos, pode vir acompanhada de certos incômodos como palpitações ou dores no peito.

A taquicardia pode ocorrer em condições normais como uma adaptação fisiológica ao aumento na demanda de oxigênio por parte dos tecidos, como é o caso do exercício, durante a atividade física aumenta a necessidade de nutrientes por parte do tecido muscular e assim faz com que o coração bata mais rápido.

Outra condição da taquicardia é quando ocorre um processo infeccioso. Diante da invasão dos tecidos por um microrganismo é liberada um série de substâncias mediadoras que atuam como mensageiros, assim elas enviam sinais ao hipotálamo para aumentar a temperatura originando a febre, isso leva à dilatação dos vasos sanguíneos e aumento da frequência cardíaca. Mas isso não é uma regra fixa para todos os casos, alguns microrganismos estão relacionados a quadros febris com a diminuição das batidas cardíacas, ou seja, da bradicardia, característico de infecções como a febre tifoide e a febre amarela.

O aumento da frequência cardíaca ocorre também por causa do tabagismo, da ingestão excessiva de café ou chá, assim como sob a forma de efeito colateral pelo uso alguns medicamentos, como é o caso dos fármacos utilizados no tratamento de asma, xaropes para a tosse, hormônio tireoide, descongestionantes, alguns analgésicos, entre outros.

Algumas doenças sistemáticas são capazes de produzir taquicardia, como é o caso da anemia e das hemorragias. Em ambos os casos a diminuição dos glóbulos vermelhos diminui o fornecimento de oxigênio aos tecidos e assim o coração aumenta o número de batidas por minuto para poder satisfazer sua demanda. Quando a anemia não é tratada adequadamente o coração pode tornar-se incapaz de cumprir esta função desenvolvendo uma forma de insuficiência cardíaca.

A taquicardia se deve a fatores locais do coração como os marcapassos naturais que dão origem às arritmias, sendo que algumas delas se manifestam pelo aumento da frequência cardíaca, assim como pelo ritmo irregular do pulso. Também pode aparecer no curso de um ataque cardíaco ou infarto, bem como nos pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca.

No caso das taquicardias originadas em consequência de doenças do coração é possível a presença de sintomas como dor no peito, desmaio e perda da consciência. Existe a possibilidade de ocorrer uma arritmia conhecida como fibrilação ventricular, esta é potencialmente mortal quando não atendida imediatamente pelo corpo médico de urgências.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Taquicardia