Conceito de Sismologia

SismologiaA sismologia é a ciência que estuda as ondas produzidas pelos terremotos. Este conhecimento é milenar, uma vez que, desde a antiguidade, os chineses inventaram o sismógrafo rudimentar para medir os efeitos destes fenômenos da natureza.

Do ponto de vista linguístico, a palavra sismologia é formada pelo termo grego “sismo” que significa movimento da Terra, e “logia” que quer dizer ciência ou conhecimento.

Na atualidade, os sismógrafos medem o movimento da Terra em relação à posição imóvel. Os registros podem ser realizados, tanto para os movimentos verticais como horizontais, de forma gráfica ou através de computadores.

Vínculo com a Geologia

A sismologia como ciência está extremamente relacionada com a Geologia, uma vez que este ramo do saber trata da estrutura das placas tectônicas, as quais envolvem os terremotos. Por outro lado, os conhecimentos geofísicos são determinantes para calcular a probabilidade de sismos (o perigo sísmico de uma região é comunicado através de mapas, registros históricos de terremotos e localização de falhas).

Antecipar ao pode acontecer

Atualmente é possível conhecer as áreas de maior risco dos movimentos sísmicos, como também é viável reduzir ou minimizar o impacto que possam causar. O grande desafio da sismologia é estabelecer uma teoria válida que permita realizar a previsão de terremotos com suficiente antecedência.

Como os demais conhecimentos científicos, a sismologia se baseia em parâmetros objetivos e mensuráveis, algo que é relativamente recente. Durante séculos e nas mais variadas culturas, os terremotos eram explicados através de algum mito: a fúria da mãe natureza, o castigo dos deuses, o cansaço de um dos elefantes que suportam a Terra, como afirmam algumas doutrinas hindus.

Tipos de ondas

O núcleo central da sismologia é o comportamento das ondas. Neste sentido, existem ondas internas que viajam pelo interior da crosta terrestre e alcançam a superfície podendo movimentar-se sobre ela (são subdivididas em ondas primárias ou longitudinais como também secundárias ou transversais). Existem também as ondas superficiais que são transmitidas exclusivamente pela superfície e são mais destrutíveis devido a sua maior amplitude (são subdivididas em ondas Rayleigh, as quais são iguais às produzidas pela superfície dos líquidos, como também as ondas Love, cuja propagação é manifestada ao mesmo tempo de cima para baixo e da direita para esquerda).

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Sismologia. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/sismologia >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Sismologia