Conceito de Sintoma

SintomaPodemos descrever o sintoma como um sinal claro da presença de qualquer doença, fenômeno ou complicação. O sintoma é a maneira como essa doença ou complicação de saúde se manifesta geralmente de maneira externa, embora também existam sintomas internos que não podem ser observados a olho nu. O sintoma pode funcionar como previsão para acalmar e curar as doenças. Além disso, pode servir como um método de prevenção no caso de repetição.

Os sintomas se manifestam no organismo de um ser vivo de diferentes maneiras. Os mais comuns são aqueles observados externamente, pois são os únicos que podem ser vistos sem necessidade de estudo ou análise clínica. Depois, existem os sintomas internos que pode ser vistos apenas a partir da observação de placas, análise e dados específicos. Estes sintomas geralmente podem ser percebidos por uma pessoa ou animal através da dor ou de algum desconforto. Alguns exemplos de sintomas externos podem ser vistos pela pele ressecada, queda de cabelo, coceira nos olhos, etc., enquanto que exemplos de sintomas internos da presença de alguma doença podem ser: a má digestão, dor de garganta, dor de cabeça, prisão de ventre, etc.

Dependendo de cada condição e situação, os sintomas podem ser mais ou menos graves. Em alguns casos, os sintomas estão presentes quando a doença leva um longo tempo incubado na pessoa ou no animal, e é por isso que sempre implica em agir o mais rápido possível para lutar contra uma doença existente há muito tempo. Outros sintomas podem estar visíveis antes de atingir a fase mais grave da doença, como acontece, por exemplo, com os resfriados (cujos sintomas são espirros, tosse, alergia, febre), uma vez que podem servir para prevenir uma gripe ou doença respiratória maior.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Sintoma. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/sintoma >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Sintoma