Conceito de Síntese

SinteseUma síntese é um resumo condensado dos conceitos mais relevantes sobre o tratamento de um determinado tópico. O ato de reduzir a elaboração de um tópico a seus elementos mais substanciais é especialmente importante para a realização de qualquer tipo de estudo. Assim, o uso de resumos é de grande utilidade para enfrentar qualquer tipo de educação formal.

Toda exposição está organizada em torno de uma série de noções capitais que se relacionam entre si com algum grau de lógica. Estas noções capitais funcionam como elementos estruturais do discurso e permitem uma constelação de ideias subsidiárias. Citando como exemplo um texto escrito, que é composto por parágrafos e cada um costuma ser a expansão de uma ideia básica, por isso, devemos ter um grupo limitado de cada; por sua vez, as ideias básicas se relacionam entre si com algum grau de coerência, aspecto que contribui para a coesão do discurso.

A metodologia para a realização de uma síntese consiste precisamente em identificar esses conceitos em que se baseia toda a elaboração discursiva, bem como as relações que existem entre eles. As demais noções expostas só serão explicações secundárias ou exemplificações que possam ser excluídas. Portanto, é de importância essencial a leitura ordenada e reiterada dos textos antes da elaboração da síntese, de maneira de extrair com certeza e precisão os principais conceitos e separá-los dos fatos ou conteúdos de nível secundário.

A utilização da síntese é recurso fundamental para atender tanto as exigências da vida escolar como da acadêmica. A tarefa de remover os elementos fundamentais de uma exposição deve ser ensinada desde cedo, a fim de facilitar as tarefas dos alunos e conseguir melhores rendimentos.

Por outro lado, existe outro conceito de "síntese", que é aplicado em ciências políticas e história. Assim, quando se cria um movimento social, político, cultural ou econômico que prevalece sobre as outras estruturas já existentes, muitas vezes dá lugar ao aparecimento de um segundo movimento que, pelo menos na maior parte dos componentes, atinge um esquema antagônico. Como exemplo, os historiadores costumam mencionar ao capitalismo e ao comunismo, referindo-se a ambos os modelos como "tese" e "antítese" para indicar sua oposição.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Síntese. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/sintese >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Síntese