Conceito de Ser Vivo

Ser-VivoO conceito ser vivo é uma denominação geral que pode ser aplicada em qualquer organismo que tenha uma função própria da vida (reprodução, nutrição e consumo de energia).

Quando se fala de um ser vivo podemos incluir qualquer planta ou animal, como também as bactérias (mas não os vírus, os quais não se nutrem e nem mesmo têm as funções de outros seres vivos).

O papel da biologia e seus diversos campos

A ciência que estuda o conjunto da vida é a biologia, um conhecimento que orienta as diferentes estruturas relacionadas à vida: zoologia, etologia, medicina, genética e muitas outras disciplinas (algumas delas têm aspectos relacionados com a vida assim como outros não estão, por exemplo, a sociobiologia). De qualquer forma, a ideia de seres vivos se contrasta com a dos seres inanimados, como a luz, o ar, a água ou os minerais.

Aristóteles e a primeira referência

A noção de ser vivo como conceito que explica parte da natureza foi aplicada na antiguidade especificamente por Aristóteles no século IV a. C., quem classificou pela primeira vez os seres vivos e com foco especial nos animais. (dividindo quem tinha sangue dos que não tinham).

Linneo estabeleceu as novas bases que conhecemos hoje em dia

Sua classificação esteve vigente até o século XVIII de nossa era, quando o naturalista sueco Linneo introduziu um sistema de classificação mais elaborado e baseado na uniformidade e estrutura dos inúmeros indivíduos de cada espécie. Cada grupo de ser vivo foi classificado por certos elementos, os táxons que dividem cada ser em função de um agrupamento geral: espécie, gênero, família, ordem e classe.

Algumas disciplinas científicas estudam os seres vivos desde uma perspectiva geral, ou seja, analisando como se relacionam uns aos outros e por sua vez com um meio ambiente determinado (a biodiversidade ou a ecologia são dois ramos da ciência que analisam este tipo de vínculo).

Principais características dos seres vivos

De modo geral, podemos falar de uma série de características comuns entre os seres vivos: cada um deles nasce de outro ser, crescem e se desenvolvem até sua morte, assim como têm uma série de necessidades básicas (alimento, energia, luz, água, etc.). Por outro lado, os seres vivos se desenvolvem e adaptam em determinado ambiente através de uma série de cadeias alimentícias relacionadas entre si.

A diversidade de espécies que sobreviveram tem evoluído através dos mecanismos de seleção natural. Estes mecanismos foram descritos pelo naturalista Charles Darwin, que falou sobre a adaptação ao meio ambiente e a luta pela sobrevivência como os dois fatores chave na evolução das espécies.

Foto: iStock - AleksandarNakic

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Ser Vivo. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/ser-vivo >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Ser Vivo