Conceito de Saber

saberA palavra saber usamos em grande parte do nosso idioma para designar a sabedoria, o conhecimento que alguém estabelece em um assunto, tema ou ciência. Seu saber não tem limites.

Uma pessoa pode conseguir o saber, isto é, o conhecimento sobre algo, através de sua experiência, ou seja, do contato com aquilo que se conhece, pela educação recebida, ou seja, adquire através do ensino que alguém pronuncia com o conhecimento prático e teórico de um tema ou realidade.

Vale destacar que os seres humanos obtêm conhecimentos e saberes referentes ao nosso ambiente graças às capacidades, tais como: vegetativa, sensitiva e racional. Enquanto isso, nos seres humanos a faculdade racional produz o saber pelos conceitos da linguagem e também a consciência sobre o que é verdade. Vale ressaltar que este conhecimento via conceitos é somente viável nos homens pela capacidade de entendimento.

No entanto, a experiência brinda aos seres humanos saber e conhecimentos, embora, trata-se de um conhecimento mais subjetivo do que aquele que provem a experiência. Porém, será verdadeiro para aquele que o vive. A principal diferença com o conhecimento por conceitos que mencionávamos linhas acima é que os conceitos ao serem imateriais, por tanto, independentes da experiência, são por si só uma informação evidente.

O saber sempre será desenvolvido em um contexto, tal é o caso da cultura de uma determinada sociedade e poderá resultar de diversas fontes: intuição (o conhecimento que nos chega imediatamente do contato com o objeto), experiência (o saber resulta da experiência que se atravessa), tradição (o conhecimento sendo transmitido de geração em geração), autoridade (quando o conhecimento parte de uma fonte referente de matéria política, moral, cientifica) e ciência (a série de conhecimentos racionais, verdadeiros e possíveis que são obtidos de modo metódico).

O saber é uma atividade constante e própria dos indivíduos e por isso todo o tempo estamos absorvendo e processando a informação que obtemos em nosso ambiente.

A apreensão dos conhecimentos implicará diversos processos cognitivos complexos, tais como: percepção, sensação, conceituação, linguagem, comunicação, dedução, associação, entre outros.

Na epistemologia corresponde ao estudo do conhecimento, uma vez que, é o ramo da filosofia que justamente lida com isso.
O conceito que se contrasta é a ignorância, que implica a ausência de conhecimentos em relação a um tema, assunto ou ciência.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Saber