Conceito de Rinite Alérgica

Rinite-AlergicaA rinite alérgica é um dos transtornos de saúde mais comuns, pode apresentar-se em qualquer idade e estima-se afetar três em cada dez pessoas. A mesma se deve à inflamação da mucosa que reveste a parte interna do nariz como resposta à exposição de substâncias das quais se desenvolve um processo de tipo alérgico. Um aspecto importante é que se estima que dois em cada dez pacientes com rinite alérgica também sofrem de asma.

Como se manifesta?

Os principais sintomas deste transtorno são a congestão e obstrução nasal, abundância de secreção cristalina, coceira no nariz e espirros. Muitas vezes a rinite alérgica vem acompanhada da vermelhidão e coceira em um dos olhos devido a uma conjuntivite alérgica. Quando as secreções são abundantes é possível descerem para garganta através da parte posterior do nariz produzindo tosse. Isso acontece mais no período da noite porque quando se está deitado favorece a drenagem posterior das secreções pelo efeito da gravidade.

Estes sintomas podem afetar notavelmente a qualidade de vida dos pacientes, uma vez que são capazes de perturbar o sono, além de causar cansaço e fadiga diurna. Isso interfere especialmente na concentração e no rendimento das crianças em idade escolar.

A contaminação ambiental é capaz de agravar os sintomas da rinite, especialmente a fumaça dos veículos automotores.

Principais desencadeantes

Os sintomas relacionados com a rinite alérgica costumam apresentar-se com maior frequência após a exposição a uma série de alérgenos, tais como:

- os ácaros presentes no lar.

- animais domésticos.

- pólen de algumas plantas.

- produtos de limpeza, especialmente o sabão e o cloro.

- perfumes e purificadores de ar com cheiro forte.

- germes, ácaros e fungos presentes em objetos guardados por muito tempo.

Tratamento da rinite além do simples uso de descongestionantes

A maioria das pessoas com rinite alérgica recebe tratamento através de medicamentos como antialérgicos e descongestionantes, que devem ser usados por alguns dias até que se desapareçam os incômodos, além de estar acompanhado de certas condutas como evitar a exposição ou o contato com outras substâncias que normalmente desencadeiam esses sintomas. Entretanto, é possível ir mais além e evitar que apareçam novamente estes casos através da aplicação de tratamentos específicos.

Os médicos imunológicos e alergistas possuem certas ferramentas, como as vacinas, que permitem insensibilizar os pacientes para que não voltem a ter esses sintomas novamente após a exposição de fatores que normalmente ocasionam crises. Estes tratamentos podem levar ao desaparecimento destes sintomas por muitos anos e assim melhorar notavelmente a qualidade de vida das pessoas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Rinite Alérgica. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/rinite-alergica >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Rinite Alérgica