Conceito de Retina

RetinaA retina é uma estrutura fundamental para o olho humano, pois dela depende nossa visão e a saúde ocular.

A retina é uma membrana situada no fundo do olho e é por onde se encontram os receptores visuais que permitem a formação das imagens. Esta membrana é responsável por receber os estímulos luminosos, ou seja, a luz do exterior para em seguida ser transformada em estímulos elétricos que possam viajar através do nervo ótico até nosso cérebro.

Como é formada a retina?

A retina é formada por quatro grupos celulares: o epitélio pigmentar, os fotorreceptores, as células bipolares e as células ganglionares. Existem também outras células que fazem parte desta estrutura (as conhecidas como células moduladoras e as células gliais). Esta estrutura celular determina as dez camadas que formam o conjunto da retina.

Patologias da retina

A oftalmologia é a disciplina médica que estuda as patologias oculares e um dos seus ramos específicos é a retinopatologia, que estuda as doenças características desta parte do olho humano.

Desprendimento da retina

O desprendimento da retina é um dos casos mais comuns. Acontece quando há um buraco na retina e esta membrana se desprende. O paciente que sofre dessa patologia percebe certas manchas flutuantes no campo visual que aparecem de forma repentina. Isso ocorre porque o gel viscoso do olho (o vítreo) vai diminuindo e a visão se deteriora. Outro sintoma característico do desprendimento da retina é o surgimento de faíscas luminosas na visão.

Retinopatia diabética

A retinopatia diabética está baseada na dificuldade da circulação no centro da retina. Esta dificuldade pode originar sangramentos ou passagem de líquidos na parte central da retina. Esta patologia é frequente em pessoas mais velhas e está associada à diabete do tipo 1. Ela é uma das principais causas de cegueira na atualidade.

Retinopatia pigmentar

A retinopatia pigmentar é conhecida popularmente como cegueira noturna. Ela é uma doença degenerativa que destrói os fotorreceptores que permitem ver a luz e é afetada principalmente durante a escuridão. Por outro lado, há uma diminuição do campo visual periférico ocasionando uma visão limitada. Uma das variantes desta patologia é a síndrome de Usher, que está relacionada com a perda da audição.

A amaurose congênita, as distrofias de cones e a acromatopsia são outras das patologias próprias da retina.

De qualquer forma, os especialistas coincidem na importância da detenção precoce de todas estas doenças oculares.

Foto: choja I iStock

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Retina. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/retina >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Retina