Conceito de Relicário

A palavra relicário possui três significados distintos. É o lugar sagrado onde se guardam as relíquias normalmente relacionadas a um santo. Também é uma caixa que serve para guardar relíquias, ou seja, objetos de grande valor. O relicário também pode ser considerado uma joia (normalmente um colar ou medalhão) que serve para depositar em seu interior alguma lembrança especial como uma mecha de cabelo.

Os relicários no Cristianismo

Na tradição cristã quando um santo falece seus restos ou objetos pessoais são depositados em algum lugar sagrado, geralmente em uma igreja. Estes restos de santos e mártires são guardados em cofres, conhecidos como relicários. Estes cofres são de grande valor simbólico, pois lembram um personagem histórico que se destaca por sua santidade e sua vida exemplar como cristão.

O relicário como porta-joias

As joias possuem importante valor econômico e em particular um valor sentimental. Desde a antiguidade eram utilizadas como caixas especiais para guardar joias pessoais ou familiares. Estas caixas têm uma simbologia especial porque servem para guardar objetos que trazem grandes lembranças de um ente querido, de algum presente ou de alguma celebração inesquecível. Na atualidade, o porta-joias ou relicário se tornou uma peça importante para colecionadores e está associado ao mundo das antiguidades e da arte.

Alguns ourives fabricam cofres ou arcas para custodiar suas joias. Estas peças são de caráter religioso, funerário ou simplesmente decorativo.

Um relicário, uma joia com certo mistério

O relicário entendido como joia é também conhecido como medalhão ou colar. É muito comum que estas joias tenham algum elemento em seu interior: uma foto pequena, alguma escritura ou para guardar algo valioso e importante como uma mecha de cabelo, uma gota de sangue e até mesmo as cinzas de um ente querido. No século XIX, os relicários se tornaram muito populares nos ambientes britânicos. No mundo vitoriano era costume presentear alguém com um relicário com a finalidade de lembrar uma pessoa falecida.

Usar um relicário é diferente de usar uma simples joia. Neste tipo de medalhão, há sempre uma história cheia de sentimentos. Desta maneira ao observar uma pessoa usando um relicário, devemos saber que este objeto está relacionado a algo especial e único que apenas o dono do relicário conhece seu autêntico significado. Seu mistério está expresso no componente mágico do relicário das histórias de Harry Potter.

Foto: iStock, sinngern

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Relicário. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/relicario >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Relicário