Conceito de Receio

ReceioO receio é a desconfiança em alguém ou a algo. Assim, diante de algumas circunstâncias ou pessoas, é possível ter um sentimento de suspeita no sentido da presença de algum aspecto que seja estranho ou ameaçador.

Ter receio em relação a algo ou alguém indica que há certa dúvida sobre sua suposta autenticidade, conveniência ou bondade. Neste sentido, é comum receber informação aparentemente positiva apesar de parecer suspeito por algum motivo, por exemplo, algo que por ser tão positivo não parece confiável.

A importância da confiança

Quando um indivíduo não confia no outro, costuma-se dizer que essa pessoa é receosa, ou seja, um sujeito muito precavido, desconfiado e cauteloso. O oposto de receoso seria uma pessoa crédula, confiante e ingênua. Estes conceitos manifestam a valorização da ingenuidade. Uma pessoa ingênua e outra receosa são dois polos totalmente opostos.

Sentir receio ou recear faz parte da vida cotidiana e da nossa cultura. De fato, há muitas expressões e provérbios que comunicam esta ideia: é preciso pensar para acertar; ter a pulga atrás da orelha; amizade com todos, confiança em poucos. Estes exemplos expressam uma recomendação muito usada: devemos ser cautelosos e precavidos, pois o excesso de confiança é um erro.

Por que temos receios?

O medo está muito presente em nossas decisões, não se pode esquecer que o receio indica certo temor ou insegurança. Se alguma circunstância apresenta um perigo em potencial (vamos imaginar a instalação de uma base nuclear na cidade em que moramos) é lógico que vamos ficar apreensivos a esse respeito.

O ser humano pode dizer a verdade ou mentir, mas não é fácil uma distinção correta de um fato ou de outro. Por este motivo, alguma informação verossímil pode originar certo receio. Deve-se levar em conta que ao mentir o que se tenta fazer é parecer que a mentira seja uma verdade. Diante da dúvida sobre a verdade ou falsidade de algo, uma postura receosa age como um mecanismo de defesa. É uma forma de estar em alerta e não deixar baixar a guarda.

Tendências pessimistas que influenciam

Em certas ocasiões, temos receios que não são provocados pelo medo ou dúvida de algo, mas por uma inclinação a um pensamento negativo. De fato, a pessoa pessimista costuma recear os outros, algo parecido com o mau-olhado que tende sempre em opinar negativamente.

Uma posição intelectual cética ou o ceticismo como corrente de pensamento é uma tendência enraizada que indica que não é conveniente acreditar fielmente em qualquer ideia, é preferível duvidar de quase tudo.

Foto: iStock - elenaleonova

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Receio. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/receio >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Receio