Conceito de Queimadura

QueimaduraA palavra queimadura se refere a uma lesão produto da exposição de um tecido a uma série de agentes que podem ser de tipo físico como a exposição ao calor, à eletricidade, ao fogo, à radiação solar ou radiações por radioterapia; assim como por agentes químicos como os ácidos e agentes biológicos produzidos por insetos, repteis e alguns moluscos.

Uma das principais causas das queimaduras é a exposição ao sol, especialmente no caso de pessoas muito brancas com pouca quantidade de melanina, este é o pigmento que dá cor à pele e a protege das radiações ultravioletas. Muitas vezes, as queimaduras por exposição aos demais agentes ocorrem de forma acidental em casa e no trabalho ou durante os acidentes automobilísticos.

Queimaduras de 1º Grau: são as queimaduras superficiais na qual a principal manifestação que ocorre é a vermelhidão da pele e a ardência, costumam ser curadas sem deixar cicatrizes ou lesões permanentes. Correspondem às queimaduras solares e às produzidas pelo breve contato com líquidos ou objetos quentes. Em geral estes casos são resolvidos sozinhos em poucos dias.

Queimaduras de 2º Grau: abrangem uma maior profundidade na pele, são muito doloridas e reconhecidas porque sua lesão típica é a bolha, uma estrutura em forma de vesícula cheia de um líquido amarelado. Neste caso, pode deixar uma cicatriz ou então mudar a cor da pele após a cicatrização. Acontecem principalmente através do contato com os líquidos quentes.

Queimaduras de 3º Grau: este tipo de queimadura afeta os tecidos mais profundos como todas as camadas da pele ou então as estruturas localizadas abaixo dela como os músculos, ossos e órgãos, acompanhados da perda de substâncias e lesões como escoriações ou úlceras. Em geral podem deixar sequelas permanentes tanto estéticas como funcionais, como também produzir a amputação de uma estrutura ou até mesmo levar à morte da vítima. Este tipo de queimadura acontece geralmente através do contato com o fogo direto, com agentes químicos ou com a eletricidade. Estas queimaduras necessitam de atenção especial em unidades especializadas, geralmente deve ser realizada a remoção cirúrgica do tecido morto e exige a colocação de um enxerto para substituir a pele danificada.

Além da profundidade, deve-se levar em consideração a extensão da lesão, pois à medida que envolve uma superfície corporal maior, existe mais risco de haver outras complicações.

Queimaduras regra dos 9: existe uma regra conhecida como regra dos 9 que atribui 9 pontos a cada uma das seguintes regiões do corpo: cabeça, peito, costas, abdômen, região lombar, braço direito, braço esquerdo, parte anterior da perna direita, parte posterior da perna direita, parte anterior da perna esquerda e parte posterior da perna esquerda, tudo isso soma 99% e o 1% restante corresponde aos genitais. Esta classificação é de grande importância no momento de atender o paciente queimado, pois quando a superfície afetada for igual ou superior a 50% devem ser adotadas medidas de suporte, pois há um alto índice de mortalidade.

Diante de uma queimadura, deve-se lavar sempre o local com água fria ou fresca, cobrir com uma gaze estéril e mantê-lo limpo. É aconselhável evitar a aplicação de cremes, pomadas ou produtos caseiros, pois isso aumenta o risco de infecção e complicação. Quando há bolhas ou perda de tecido é recomendável visitar um médico.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Queimadura. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/queimadura >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Queimadura