Conceito de Porção

A porção é parte da comida que corresponde a uma pessoa, ou seja, certa quantidade. Este termo vem do latim portio e significa pedaço.

Geralmente esta palavra é utilizada em situações onde o alimento deve ser repartido entre um grande número de indivíduos. Por exemplo, é empregado com normalidade no exército. Assim, toda a comida destinada à tropa é dividida em porções.

Principal foco na questão de alimentos

Embora seja empregada em sentido figurado quando se fala coloquialmente “aqueles vagabundos receberam uma porção de golpes”, é no contexto da alimentação que seu significado é percebido com mais clareza. Deve ser levado em conta que para organizar a repartição de comida para muitas pessoas é preciso calcular bem o corresponde a cada um em relação à quantidade e, logicamente, o preço de compra e o peso dos alimentos.

A ideia de porção alimentar está relacionada também a outros seguimentos como: dietas, gastronomia, exército, granja de animais, etc.

Épocas de racionamento e contrabando

O verbo racionar expressa a ação de repartir e tem significado especial com os períodos de fome e escassez, assim o alimento, a água e os produtos básicos devem ser distribuídos para que possa chegar ao maior número possível de pessoas.

Necessidade de controle para manter o equilíbrio diante situações de catástrofe

Em alguns países em situação de emergência tem sido necessário incorporar medidas de controle para o sustento básico de toda população e introduzir “cartilhas de racionamento”. Estas cartilhas são administradas pelo governo para garantir o sustento de épocas de profunda crise, catástrofes humanitárias, períodos de guerra, etc. Através deste sistema, cada indivíduo possui uma cartilha com a relação de alimentos que recebe legalmente. Esta circunstância foi vivida na Espanha, por exemplo, no final da guerra civil (as cartilhas estiveram vigentes entre 1939 e 1952).

O mercado negro diante da necessidade

Na maioria dos casos, quando há escassez de alimentos e são impostas as cartilhas de racionamento, aparece paralelamente a isso um comércio ilegal chamado de mercado negro. Curiosamente a Espanha utiliza a palavra “estraperlo” para referir-se a essa situação. Este termo é formado pelo nome de três fraudadores (Strauss, Perle y Lowann) que planejaram uma roleta adulterada e assim subornaram uma série de políticos dos anos 30 para introduzir em alguns cassinos. Assim que descoberta foi chamada de “o escândalo do mercado negro” e esta palavra se instalou em nosso idioma como sinônimo de comércio ilegal.

Foto: iStock - ShotShare

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Porção