Conceito de Paratireoide

ParatireoideA paratireoide é um grupo de quatro glândulas localizadas atrás da glândula tireoide da garganta, sendo duas atrás de cada lóbulo, são muito pequenas e alcançam uma dimensão de 7 mm por 4 mm. Estas glândulas cumprem uma importante função, uma vez que produzem a paratormona, hormônio relacionado à regulagem dos níveis de cálcio e fósforo no organismo.

A grande maioria de cálcio encontrado no nosso corpo atinge 99% dos ossos do esqueleto, apenas 1% se encontra no sangue e nos tecidos, são imprescindíveis para realizar funções de grande importância no organismo como é o movimento dos músculos, a transmissão de sinais e impulsos nervosos, a secreção de hormônios e inclusive a formação dos coágulos sanguíneos.

Em relação ao fósforo, 85% deste material se encontram nos ossos e o restante está localizado no sangue e nos tecidos. Ali cumprem funções relacionadas com a produção de moléculas e proteínas estruturais, o armazenamento de energia e a atividade das proteínas chamadas enzimas que são necessárias para realizar diversos processos fisiológicos no organismo.

A principal função da paratormona consiste em diminuir o cálcio através da urina e aumentar o fósforo, ambos estes elementos apresentam uma regulagem inversa. A paratormona é responsável pela ativação da vitamina D, substância que tem efeitos biológicos sobre o cálcio localizado nos ossos.

A paratireoide pode ser afetada por uma grande quantidade de transtornos que levam ao aumento do seu funcionamento originando a condição conhecida como hiperparatireoidismo, como também o hipoparatiroidismo.

O hiperparatiroidismo ocorre geralmente como resultado dos tumores da hipófise ou do hipotálamo assim como na própria paratireoide. Nesta condição apresenta uma série de sintomas que são desencadeados pela elevação dos níveis de cálcio como fadiga, letargo, dor muscular e óssea, formação de cálculos renais e calcificação dos tendões. Em termos cardíacos pode apresentar algumas alterações como elevação da pressão arterial e diminuição da frequência cardíaca (bradicardia).

O hipoparatiroidismo ocorre na maioria dos casos como uma complicação cirúrgica chamada tiroidectomia que consiste na eliminação total ou de parte da glândula tireoide como tratamento do bócio ou dos tumores tireoideos. Também se deve à falta de estimulação da produção de paratormona ou pela lesão da glândula. Nestes casos ocorrem os sintomas relacionados com a diminuição dos níveis de cálcio, sendo o mais importante o espasmo muscular, também chamado de tetania, que vem junto com a sensação de formigamento, descamação da pele e quebra das unhas.

A determinação da função das glândulas paratireoides pode ser avaliada ao solicitar os níveis de paratormona e cálcio no sangue. No caso de existir algum tipo de anomalia, como os tumores, estes podem ser detectados através de um estudo de imagem como o ultrassom e a ressonância magnética.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Paratireoide. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/paratireoide >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Paratireoide