Conceito de Orgasmo

OrgasmoO orgasmo é uma sensação prazerosa que ocorre após a liberação da tensão ou excitação sexual, acontece tanto no plano físico como mental e possui características próprias para cada sexo. O orgasmo ocorre como consequência de uma série de etapas que são diferentes entre homens e mulheres.

A excitação é a resposta a um estímulo sexual que varia dependendo da orientação sexual e dos gostos de cada indivíduo. Esta estimulação pode ser visual, auditiva, olfativa ou até mesmo proceder de um pensamento. A manifestação da excitação no homem é a ereção, este fenômeno ocorre quando as estruturas tubulares localizadas no interior do pênis, conhecidas como corpos cavernosos, enchem de sangue; isso faz aumentar seu comprimento e seu diâmetro fica mais rígido, a pele que o reveste é elástica e capaz de adaptar-se a estas mudanças em seu interior, permitindo assim o aumento do tamanho do membro masculino. Para que a ereção ocorra de maneira apropriada é necessário que haja integridade do sistema nervoso, hormonal e circulatório.

A ereção se mantém ao longo do ato sexual até a chegada do clímax para a vinda do orgasmo e da ejaculação. Muitas vezes o orgasmo do homem está relacionado com a ejaculação, uma vez que em condições normais ambos os fenômenos ocorrem de forma simultânea, entretanto, existem condições médicas que explicam que pode ocorrer uma ejaculação sem que haja o orgasmo, isso se passa através da ejaculação precoce. Também é possível experimentar o orgasmo sem que haja ejaculação. Depois de ejacular é possível manter a ereção e ocorrer novamente o ato sexual.

Já o orgasmo da mulher é mais complexo. Embora as mulheres possam chegar a um maior número de orgasmos durante o coito, diferentemente dos homens que normalmente têm um só; muitas mulheres não chegam ao orgasmo e inclusive estima-se que 15 de cada 100 mulheres com vida sexual ativa nunca experimentaram um orgasmo.

A resposta sexual da mulher está relacionada não só ao estímulo físico, mas também a fatores como o vínculo emocional com o parceiro, a fase preliminar, o cortejo e a autoestima, inclusive quando isso acontece pode ocorrer uma resposta sexual apropriada ao prazer mental sem a presença do prazer físico.

A resposta sexual está regulada por centros nervosos localizados no cérebro, especialmente no hipotálamo, entretanto podem interferir em muitas outras áreas que contribuem para a consciência do ato e sua associação a fatores como o amor romântico, estímulos sensoriais, atividade motora do coito e as emoções.

O orgasmo está relacionado com a liberação de vários hormônios, inicialmente tanto os hormônios sexuais femininos como masculinos preparam seus órgãos genitais para o ato sexual. Outro grupo que interage como resposta geral é a dopamina, esta relacionada ao desejo sexual e à oxitocina em conjunto com os opióides responsáveis pela sensação de prazer e satisfação sexual. Outra substância envolvida é o glutamato, que funciona como um neurotransmissor mediador das lembranças afetivas e eróticas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Orgasmo. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/orgasmo >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Orgasmo