Conceito » Organização

Conceito de Organização




O termo organização apresenta duas referências básicas. Por um lado, a palavra organização é utilizada para se referir à ação ou resultado de organizar ou organizar-se.

Por outro lado, designa-se com o termo de organização àquele sistema desenhado para atingir satisfatoriamente determinados objetivos ou metas, no entanto, estes sistemas podem, a sua vez, estar formados por outros subsistemas relacionados que cumprem funções específicas.

Ou seja, em outras palavras, uma organização será qualquer grupo social formado por pessoas, com uma série de tarefas e uma administração, que interagem no marco de uma estrutura sistêmica com a meta de cumprir certos objetivos propostos. O traço essencial de qualquer tipo de organização que se deve observar para que exista e depois subsista, é a de que as pessoas que a integram se comuniquem e estejam de acordo em atuar de forma coordenada no lucro dos objetivos propostos que os levem a cumprir efetiva e satisfatoriamente com sua missão. No entanto, para ajudar esta coordenação e comunicação, as organizações quase sempre funcionam através de normas que servirão na consecução de propósitos.

Entre as várias características que distinguem uma organização podemos contar: conjunto de pessoas com recursos, objetivos atribuídos, normas e ordem hierárquica estabelecidas, satisfação de necessidades, produção ou venda de bens ou serviços, transmissão de cultura, geração de trabalho, criação, conservação e transmissão de conhecimento, entre outras.
Por outro lado, as organizações podem ser classificadas de acordo com os seguintes critérios: por sua finalidade (com fim lucrativo e sem fim lucrativo), por sua estrutura (formais e informais), por seu tamanho (pequena, média, grande, micro empresa), por sua localização (multinacional, regional, nacional), por seu tipo de produção (bens ou serviços), pelo tipo de propriedade (privada, pública ou mista), pelo grau de integração que apresenta (totalmente integrada ou parcialmente integrada) e por sua atitude frente às mudanças (rígida ou flexível).

Os dois tipos mais comuns de organização que se dão em quase todas as comunidades são as organizações civis, que são aqueles agrupamentos cidadãos criadas para cobrir alguma necessidade social, como os partidos políticos, as ONGs, sindicatos, clubes, entre outras. E as organizações governamentais, que são aquelas criadas pelo estado para desenvolver algum tipo de tarefa social e que estão dirigidas pelo governo em função e financiadas através de fundos públicos.

Mais uma leitura:

A organização é uma unidade social coordenada, consciente, composta por duas ou mais pessoas, que trabalha com relativa constância de propósito para alcançar uma meta ou um conjunto de objetivos comuns. Por esta definição, as empresas produtoras e de serviços são organizações, assim como as escolas, hospitais, igrejas, unidades militares, lojas de varejo, departamentos de polícia e agências governamentais locais, estaduais e federal. As pessoas que monitoram as atividades das organizações, e que são responsáveis pelas organizações para alcançar esses objetivos são os seus gestores/administradores (embora às vezes eles são chamados de gerentes, particularmente em organizações sem fins lucrativos).

Então, visto que uma organização é um sistema projetado para atingir metas e objetivos, temos também de explicar que estes sistemas podem, por sua vez, ser compostos de subsistemas que desempenham funções específicas relacionadas com o cumprimento desses propósitos.

Em outras palavras, uma organização é um grupo social formado por pessoas, tarefas e administração, que interagem no contexto de uma estrutura sistemática para atender seus objetivos. Note-se que uma organização só pode existir quando nela há pessoas que estão dispostas a se comunicar e agir em conjunto para cumprir a missão. As organizações operam por regras que foram estabelecidas para concretar os propósitos.

Os grupos de cidadãos que são criados para atender a alguma necessidade social são chamados de organizações da sociedade civil, ONG’s. Os partidos políticos, sindicatos, clubes desportivos e as ONGs são organizações da sociedade civil.
Em contraste, as organizações que são criadas pelo Estado para desenvolver o trabalho social são conhecidas como organizações governamentais. Elas são dirigidas pelo governo e financiamento público.

Finalmente, podemos nos referir ao termo organização de empresas, que se refere à estrutura organizacional do trabalho na empresa. Existem vários elementos-base nesta estrutura, como a burocracia, a especialização do trabalho, a departamentalização, a cadeia de descentralização da mão de obra, e a formalização.

A forma como as empresas são organizadas é estudada por uma ciência chamada gestão e administração de empresas, que estuda a maneira pela qual os recursos e processos são geridos. A boa administração destes recursos é considerada como a base da gestão de uma empresa de sucesso.

>> Próximo - Que Conceito >>