Conceito de Novo Testamento

Novo-TestamentoO Novo Testamento é uma das partes que divide a Bíblia. Primeiro existe o Antigo Testamento que contém uma série de documentos e textos sagrados de origem israelense e que são anteriores ao nascimento de Jesus. Já o Novo Testamento é formado por um grupo de livros e cartas que datam o período após o nascimento de Jesus. Assim, o Novo Testamento possui muita informação sobre Jesus, tudo sobre seus atos, milagres, evangelização, entre outros.

Embora os cristãos compartam de alguma forma o Antigo Testamento como os judeus por ser um conteúdo sagrado de referência, não ocorre o mesmo com o Novo Testamento, pois este último é próprio dos cristãos e não compartilhado em absoluto com os judeus.

O Novo Testamento é composto por 27 livros. Os quatro primeiros correspondem aos evangelhos dos apóstolos que seguiram e acompanharam Jesus durante sua passagem na terra: Mateus, Marcos, Lucas e João. Elem seguem acompanhados de outro livro “Os atos dos apóstolos”, que relata de maneira completa e detalhada a história da religião cristã, e não é por acaso que se tornou um documento oficial para qualquer tipo de consulta.

Há também uma série de epístolas dirigidas a diversos destinatários, o capítulo 27 com os salmos e o final chamado de Apocalipse ou Revelações de Jesus Cristo. Sendo que neste último sua principal característica é seu conteúdo absolutamente profético.

Como sabemos, a Bíblia é o maior livro das religiões cristã e judia, pois sua principal finalidade é transmitir a palavra de Deus. De qualquer forma, a difusão da Bíblia vai além das questões religiosas e até poucos anos atrás possui o registro de mais de duas mil e quatrocentas traduções para diversos idiomas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Novo Testamento