Conceito de Neoliberalismo

NeoliberalismoO Neoliberalismo é o termo mais popular e abreviado que se emprega para designar o liberalismo neoclássico, a forma mais moderna que existe de liberalismo e que atribui ao estado uma intervenção limitada, tanto em assuntos jurídicos como econômicos.

No entanto, no plano econômico o neoliberalismo promove a ênfase tecnocrática e macroeconômica e considera absolutamente contraproducente a excessiva intervenção do estado, seja em questões econômicas como sociais. Por outro lado, afirma que o livre mercado capitalista é a melhor política econômica para conseguir o equilíbrio institucional e o crescimento econômico do país em questão.

Encontramos o nascimento do termo na necessidade que houve em diferenciar de alguma maneira o liberalismo econômico prévio da Primeira Guerra Mundial, dos modelos que propunha a democracia liberal surgida durante a Guerra Fria e em quase todos os casos podia-se dizer que o Neoliberalismo se afasta bastante das práticas ortodoxas liberais do século XIX.

Existem cinco pilares que esta doutrina promove e defende: política monetária restritiva (aumenta as taxas de interesse ou reduz a oferta de dinheiro, assim quando se baixa a inflação não há nenhuma chance de cair em desvalorização), política fiscal restritiva (aumento de preços sobre o consumo, diminuição do gasto público e redução de impostos sobre a renda e a produção, desta maneira são sanadas as contas, incentivados os investidores e cresce a efetividade do estado), liberalização do comércio e dos investimentos (aumenta a participação de agentes dentro do mercado, há maior produtividade, são aproveitadas vantagens competitivas, barateamento de bens e serviços e aumento do consumo), privatização (os agentes privados são considerados mais efetivos e eficientes que os públicos) e a desregulamentação (quando há demasiadas leis, provoca-se a inibição da atividade econômica, então, essa redução pode proporcionar no máximo um maior dinamismo econômico).

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Neoliberalismo