Conceito de Neoliberal

NeoliberalO termo Neoliberal se refere a tudo que está vinculado ou é próprio do Neoliberalismo. O Neoliberalismo é uma política econômica que dá ênfase ao tecnocrático e ao macroeconômico, e que pretende reduzir ao máximo a intervenção do estado no que se refere ao econômico e ao social, através da defesa do livre mercado capitalista como garantia de equilíbrio institucional e crescimento de um país.

Desenvolvido a partir de 1940, o Neoliberalismo promove o renascimento do liberalismo clássico, embora proponha uma posição ainda mais extrema, pois pretende a abstenção total do estado, especialmente na economia de mercado. A economia é considerada o principal mecanismo do progresso da humanidade e, portanto, ela deve estar subordinada aos demais aspectos da vida, incluindo o político. No entanto, se o estado possui empresas, o que promove um governo neoliberal ao poder serão suas vendas às empresas privadas.

Por outro lado, o liberalismo clássico é uma corrente filosófica com vertentes nos planos: social, político e econômico, que surgiu com o Ilusionismo no século XVIII e que se impulsionou com a Revolução Francesa. Uma das referências mais destacadas, Adam Smith, propôs que o estado não deve intervir na economia, pois ela mesma se reorganiza, subindo ou baixando os preços dos produtos, de acordo com o aumento da demanda ou da baixa de oferta.

Diante do fracasso do modelo liberal, o Socialismo impõe sua ideia de intervenção estatal, onde redistribui de forma injusta os bens para a mão de poucos. Uma de suas medidas mais famosas foi o aumento de impostos aos indivíduos economicamente melhor posicionados a fim de proteger as classes mais humildes, mas que estes indivíduos não se acomodem com a situação.

Após o fracasso do Comunismo, surge com muita força o Neoliberalismo que mesmo criticado pelos principais comunistas reivindica o direito da propriedade privada.

O Neoliberalismo afirma que o bem-estar social será conseguido através da concorrência, que fará baixar os preços quando estejam altos, ou aumentar quando estejam baixos.

As políticas macroeconômicas propostas pelo liberalismo são: as políticas monetárias restritivas (aumentam a taxa de juros ou reduzem as ofertas monetárias para conter a inflação e evitar uma desvalorização), as políticas fiscais restritivas (aumentam os impostos e diminuem a produção e renda), a liberalização (tanto do comércio como dos investimentos), a privatização (as empresas privadas tomam o lugar das estatais e ganham em efetividade) e a desregulamentação (reduzem as leis ao mínimo para dinamizar a economia).

Além disso, é chamado de neoliberal aquele indivíduo partidário do Neoliberalismo.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Neoliberal