Conceito de Música

Com a palavra música designamos àquela arte de organizar de modo sensível e com lógica a combinação coerente de silêncios e sons utilizando como parâmetros reitores para levar a cabo e com sucesso tal atividade e os princípios fundamentais da melodia, a harmonia e o ritmo, os quais verão sujeitos e intervindos, ademais, por complexos e às vezes pouco previsíveis processos psicológicos.

Conquanto o conceito de música e o que se entende por ela tem evoluído através dos anos, é claro e afastando da concepção unitária que na antiguidade se promovia, a colocando a esta junto e inseparavelmente de outras expressões tais como a poesia e a dança, jamais perdeu, senão que pelo contrário, sempre conservou essa origem puramente artística que defini-la-á e determinará e que é em definitiva ao qual evocar-se-á quando na atualidade alguns compositores chamam equivocamente a algo como música e que logicamente escapa do conceito tradicional e popular.

O principal cometido que tem, teve e terá a música de ontem, hoje e sempre é o de provocar algum tipo de reação ou experiência estética no ouvinte, porque com a música expressar-se-ão ideias, sentimentos, pensamentos, algumas circunstâncias tristes, outras mais alegres, mas sempre, sempre, a finalidade será a de comunicar alguma questão e que por suposto esta gere uma reação em quem a escuta, isto é, jamais, uma música pode não produzir nada a quem a escuta, ainda que seja produzindo reações tão desagradáveis como a rejeição ou a repulsão por sua melodia ou pelo que diz, uma música estará cumprindo a sua finalidade que é a de provocar um resultado no outro.

A música está composta por dois elementos básicos que são os sons por um lado e pelo outro os silêncios. O som é aquilo que soa, a sensação percebida por nossos ouvidos, permeável a essas variações de pressão geradas pelo movimento vibratório dos corpos sonoros e que são transmitidas basicamente pelo ar. E o silêncio é a ausência perceptível de som.

Além destas considerações intrínsecas e extrínsecas, a música, então, serviu, serve e servirá aos seres humanos para que sejam criados climas, situações, para que acompanhe alguns de nossos piores ou melhores momentos, para tampar silêncios incômodos, um sentimento de solidão, para que nos divirtamos, para que nos apaixonemos, isto é, lisa e claramente, a música pode acompanhar a quem assim o deseja a cada momento de sua vida.

Mais uma leitura:

O termo tem sua origen no idioma grego e se refería a formação exercida sob o controle da musa das artes. A arte que reune os sons de uma forma ritimada adequando-se ao espaço dos silêncios com resultados normalmente agradáveis de ouvir é a música. A música faz parte de todas as culturas e povos. Todos e cada um deles expressa de forma musical seus costumes, alegrias e ansiedades. Desse modo, música é arte já que é uma prática cultura e criada pelo ser humano. Faz parte da vida de forma geral seja em questão de diversão e prazer ( pra festas) trabalho ( no caso dos músicos profissionais), disciplina( no caso das marchas militares) ou até como variação terapeutica para a cura de alguma doença. A historia da música está implicita na historia de homem, ja que existem indicios de musica desde o inicio da humanidade.

Entre os vários principios que permitem a organização musical estão a harmonia, a melodia e o ritmo. A harmonia, cuja unidade básica é o acorde, regula a concordância dos sons, a melodia é a identidade da música produzida pelos sons em conjunto de forma sucessiva, o ritmo é a repetição e alternância de sons e silêncios. Os sons e os silêncios são os elementos básicos da música. O som, produzido pelas variações de pressão feitas pelo movimento dos corpos sonoros e transmitidas pelo ar , normalmente captado pelos ouvidos e a sua ausência é o silêncio. Quando pensamos em música logo nos lembramos das conhecidas representações musicais, as notas musicais. DO, RÉ, MI ,FÁ, SOL, LÁ , SI . Essas notas possuem diferentes alturas (graves ou agudas). Grave, mais parecida a voz masculina e aguda, mais parecida a voz feminina. A organização das notas se chama escala musical. Existem diversos tipos de música conhecidas mundialmente como o jazz, blue, e o rock, e dentro do Brasil há uma enorme variedade que poucos fora do pais conhecem, mas que são bem difundidas dentro do pais como o pagode, o frevo ou o a música axé.

Em resumo, música é a expressão artistica que reune de forma a obter um resultado agradável aos ouvidos, sons e silêncios de um modo organizado e coerente.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Música. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/musica >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Música