Conceito de Literatura

Literatura é a disciplina que utiliza o uso estético da palavra escrita. Também se pode denominar “literatura” ao corpus de textos relatados com finalidade estética ou expressiva.

Os três grandes gêneros na qual se divide são: gênero dramático, que se refere ao texto utilizado para representar mediante atuação; gênero lírico, que se orienta ao texto sujeito à cadência e ritmo; e o gênero narrativo, que tem como fim principal narrar uma história fictícia sem apelar ao uso de versos. Por sua vez estes gêneros podem abrigar subdivisões. Assim, o gênero dramático pode se dividir em tragédia, comédia e drama; o gênero lírico, em ode, elegia e sátira; e finalmente, o gênero narrativo, em novela e conto.

Mais além da arbitrariedade na qual podem pecar estas classificações, elas costumam dar um panorama genérico ou suficientemente cabal como para entrar nos pormenores deste ramo artístico.

As origens da literatura devem ser buscadas no translado à escritura de tradições orais preexistentes. De fato, as comunidades antigas eram principalmente orais, quer dizer, mantinham uma cultura que os integrava, mas esta se transmitia de modo oral. Com a invenção da escritura, muitas destas tradições foram registradas, dando lugar ao começo das culturas letradas. Por exemplo, A Ilíada e A Odisséia, obras consideradas como ponto de referência no desenvolvimento da cultura letrada ocidental, constituem a passagem à escritura de uma história que se contava através de cantos e que guardava estreita relação com cada mito presente nos povos que habitavam a Grécia. Cabe destacar que esta proeminência da tradição oral sobre a escrita durou até a entrada da Idade Média, situação compreensível se consideramos à enorme porção da sociedade que era analfabeta e é por isso que também neste período podemos observar a passagem à escritura de narrações orais, como por exemplo, no caso dos cantos de gesta.

Com a evolução de sociedades principalmente alfabetizadas, a literatura deixou de ter uma origem na oralidade e alcançou seu período de esplendor. Deste fenômeno se pode perceber a instauração de discursos que não são especificamente literários, mas que tem o uso expressivo e estético como temática central. A crítica literária é um exemplo claro desta situação.

Na atualidade, com a eclosão dos meios audiovisuais, a situação da prática literária é incerta. Existem opiniões que a relegam a um paulatino retrocesso, mesmo que o mais provável é que se introduzam mudanças, acompanhando os avatares da esfera social.

Mais uma leitura:

Literatura é a habilidade de escrever e corrigir um texto. Brasil e Portugal publicam textos na língua portuguesa. Livros são as publicações nas quais a literatura é disseminada. Mulheres geralmente apreciam a Literatura Romântica. Dois ou mais livros formam uma coleção de livros. Várias coleções formam uma Biblioteca. Livros são escritos por escritores, que podem ser profissionais ou amadores.

Os maiores inimigos dos livros são as traças e os cupins. A literatura virtual se tornou popular graças aos E- Books. A notícia literária e a literatura histórica são chamadas não- ficção. O brasileiro aprecia os chamados Best- sellers. Conhecer a literatura é um pré-requisito dos intelectuais. As gramáticas auxiliam na escritura dos livros. As universidades incentivam a leitura entre os alunos.

A publicação online é uma forma barata de divulgação literária. Os fanzines também são um bom laboratório. A vida cultural envolve literatura, cinema e artes. O preconceito é um bom tema literário. Brasileiros ainda consomem poucos livros, em relação aos europeus. Historicamente, o proletariado tem tido pouco acesso a literatura. As crianças apreciam os livros de Ruth Rocha. Em Portugal, José Saramago foi um dos grandes escritores.

Os trovadores iniciaram a tradição literária, através do discurso oral. O Período Barroco nos trouxe uma literatura mais refinada. Os cordéis, no nordeste, misturavam o discurso oral e o livreto. A Editora Abril, de origem italiana, foi uma das primeiras do Brasil. Portais da internet reúnem escritores e críticos famosos. O sofá é o local preferido pelos leitores brasileiros. A literatura acadêmica é formada por monografias e teses de Mestrado e Doutorado.

As Jornadas apresentam palestras e debates durante um ou mais dias. As Escolas Literárias são os diversos estilos que os escritores resolvem seguir. Os questionários são um bom exercício literário. A linguagem Braile possibilita aos cegos e exercício da leitura. O Manifesto comunista é um exemplo de livro autoritário. O escritor colhe informações para que a literatura possa germinar. A viagem literária é uma forma de fugir do stress diário.

A Rússia proporcionou os maiores escritores. A premiação enaltece o trabalho do escritor dedicado. Algumas casas possuem grandes bibliotecas. A proposta literária é analisada pelos editores.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Literatura. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/literatura >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Literatura