Conceito de Lei periódica

Lei-periodicaA lei periódica é a base da tabela periódica dos elementos, tal como se denomina o esquema universal que organiza, classifica e distribui os diferentes elementos químicos existentes em relação a suas características e propriedades. Entretanto, a lei periódica estabelece que as propriedades físicas e químicas dos elementos se inclinem à repetição sistemática conforme o aumento do número atômico dos elementos.

Vale destacar que todos estes conceitos inerentes à física e a química foram desenvolvendo-se de maneira paulatina e progressiva durante o século XIX. O antecedente mais remoto da lei trata da conhecida Lei das oitavas, desenvolvida pelo químico inglês John Alexander Newlands, que propôs uma grande novidade, que a cada oito elementos encontraríamos as propriedades semelhantes. Este foi o pontapé para que o tempo formulasse sua própria tabela periódica publicada formalmente no ano 1863.
Outro químico, o alemão Julius Lothar Meyer, usou como ponto de partida os resultados de Newlands no de 1870 e determinou os volumes atômicos dos elementos. Uma vez que calculou e representou os pesos atômicos esteve em condições de demonstrar ao mundo da ciência a confirmação sobre o peso atômico que implica num aumento das propriedades físicas.

E quase simultaneamente aos trabalhos de Meyer, o químico de origem russo Dimitri Mendeléyev publicou a primeira tabela periódica, ganhando de Meyer o mérito de ser o criador da tabela.

Mendeléyev organizou os elementos por ordem crescente em função da massa atômica que apresentavam, portanto, situou em uma mesma coluna aqueles que compartilhavam alguma característica.

Vale ressaltar que para esta época já se conheciam 63 elementos dos 90 existentes. A tabela completou no final do século XIX com outro grupo a mais, denominado zero, e formado pelos gases nobres.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Lei periódica