Conceito de Lágrima

lagrimaEntende-se por lágrima ao líquido que produz e segrega o olho como parte de um mecanismo de defesa ante a ação de determinados agentes externos bem como também ante situações de alto nível emotivo (tanto negativas como positivas). A função principal da lágrima é lubrificar o olho e impedir sua irritação ante a presença de elementos nocivos ou não naturais. Além disso, podemos dizer que a lágrima tem uma cor transparente ao estar composta quase em sua totalidade por água. Ao mesmo tempo em que possui minerais tais como sódio e potássio além de glicose.

As lágrimas são uma das mais comuns e normais secreções que os órgãos podem produzir. Enquanto elas atuam como elemento de lubrificação e defesa do olho, sua presença nem sempre significa dano já que também podem estar presentes por questões emocionais, não somente físicas. As lágrimas são segregadas pela glândula lacrimal que se encontra no olho, em sua parte superior e podemos dizer que o processo pelo qual a lágrima se faz presente consta de duas partes: a formação e a segregação ou drenagem. Na primeira a lágrima é composta pela glândula já mencionada e é neste momento no qual adquire suas características e nutrientes. A drenagem é o momento no qual é finalmente exteriorizada através de diferentes canais.

Uma das questões mais curiosas das lágrimas é que são o produto de ações externas sobre os olhos, como por exemplo, quando entra um cisco no olho e a lágrima atua como defesa e proteção do mesmo. No entanto, as mesmas são geradas, talvez em maior quantidade e profusamente, quando a pessoa vive emoções fortes tanto de alegria, de tristeza, de medo ou inclusive de aborrecimento (já que ao bocejar lágrimas também podem ser geradas).

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Lágrima