Conceito de Jazigo

JazigoEntendemos por jazigo a todos os acúmulos, espaços geográficos que guardam os elementos que podem ser interessantes para uma ou mais ciências. Os jazigos podem ser descobertos em espaços em que não se esperava encontrá-los, como também onde se esperava fazê-los de acordo com medições anteriores. Os jazigos são sempre descobertos e não construídos, pois a ideia é que os elementos fiquem armazenados (normalmente embaixo da terra), ocultos.

Um dos tipos de jazigo mais comuns que podemos encontrar ou sobre o qual mais ouvimos falar hoje em dia é o jazigo de petróleo. Este tipo de jazigo é um lugar onde grandes quantidades de restos de fósseis de animais de épocas pré- históricas se converteram neste material conhecido como petróleo que é informalmente chamado de "ouro negro". O petróleo é utilizado na maioria das atividades econômicas atuais e grande parte dos elementos que consumimos todos os dias é realizada com base no petróleo, por exemplo, o plástico, os elementos tecnológicos, etc.

Os jazigos de petróleo requerem um grande investimento para retirar o material encontrado das camadas profundas da terra, mas a riqueza que gera o petróleo faz com que o investimento seja compensado. Um dos principais problemas do petróleo é que não é um recurso renovável, onde o mesmo será consumido completamente.

Outros tipos de jazigos comuns são os que têm a ver com história, arqueologia e antropologia. Estes jazigos não são de restos naturais, mas sim de restos humanos e artefatos criados e enterrados por diversas causas há mil anos. Estes jazigos são os que permitem aos estudiosos destas ciências conhecerem como era o estilo de vida do ser humano em diferentes momentos da história, geralmente na pré-história e na Antiguidade. Neles podemos encontrar além dos restos humanos que se mantêm em quase perfeitas condições, artefatos de cerâmica, obras de arte primitiva, tinturas, ferramentas, tecidos, restos de alimentos e também de animais.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Jazigo