Conceito » Imperialismo

Conceito de Imperialismo




ImperialismoO conceito de imperialismo, no sentido genérico do termo, faz referencia direta a uma tendência expansionista de um Estado ou de um povo com o objetivo de dominar, direta ou indiretamente, outros Estados ou povos. Num sentido mais restringido, se aplica ao expansionismo ocidental no período que compreende entre 1850 a 1950, especialmente na denominada, idade do imperialismo que compreende desde o ano de 1880 a 1914, quando o mundo foi repartido entre as grandes potencias capitalistas, modalidades do processo, implicações sociais, econômicas, diplomáticas...

Em 1840, fazendo referencia à política imperial de Napoleão I, nasce o termo Imperialismo na França da década de 1840, e utilizado posteriormente com diferentes significados: para designar o que era considerado despotismo de Napoleão III ou para valorizar, tanto de forma positiva como de forma negativa, a relação entre Grã Bretanha e suas colônias, além de outros usos do termo Imperialismo. Na década de 1880 começou-se a utilizar o termo relacionando-o com o fenômeno expansionista daquela época, a competitividade entre as potencias ocidentais para manter suas colônias e zonas de influencia no mundo.

Desde os anos sessenta, foi difundido o uso do termo Imperialismo para designar de maneira genérica a política de expansionismo hegemônico, econômico e militar das grandes potencias ocidentais com referencia aos países do chamado Terceiro Mundo, em contrapartida ao anti-imperialismo, que indica de forma também genérica da política e da ideologia dos movimentos de liberação nacional, revolucionários, ou de organizações ocidentais de regime esquerdista.

O Imperialismo Ra visto em termo positivos, como mostra de vigor e força de uma nação. Os fatores políticos, rivalidade entre potencias, alianças e negociações diplomáticas, motivações de prestigio, necessidades de estratégias militares, ideologias nacionalistas e racistas, repercussões na política interna, entre outros fatores, foram desenvolvidos posteriormente, especialmente pela historiografia não marxista. As interpretações econômicas partem da análise da passagem de uma fase do capitalismo de livre cambio a outra de protecionismo, monopólios e capital financeiro.

No que se refere à economia, a definição de Imperialismo contemporâneo frente a expansões coloniais anteriores, devido ao nexo estabelecido entre o desenvolvimento do capitalismo e o domínio das áreas periféricas. As grandes potências Imperialistas se viram beneficiadas e pretendiam expandir ou pelo menos manter suas colônias como símbolo de seu poder.

>> Próximo - Que Conceito >>