Conceito de Ictus

IctusO ictus é sem dúvida um dos principais problemas de saúde que atingem as pessoas mais velhas e em menor proporção às crianças e jovens, embora o prognóstico destes últimos anos seja muito mais auspicioso que dos primeiros.

Basicamente, trata-se de um distúrbio vascular cerebral que se caracteriza por seus vasos sanguíneos ali localizados que irrigam um menor fluxo de sangue, ou seja, não chega sangue ao cérebro e as células correspondentes a esta área não recebem o oxigênio necessário para o seu funcionamento normal, com isso, após alguns minutos, em muitos dos casos suas consequências são fulminantes, não funcionam e morrem diretamente.

Vale destacar que esta doença é conhecida também como AVC (Acidente Vascular Cerebral), trombose e embolia.

Suas causas são variadas, algumas podem ser evitadas quando os hábitos são mudados para outros mais saudáveis, por exemplo, deixar de tomar álcool em excesso, parar de fumar e de usar drogas. Enquanto isso, existem muitas outras que estão associadas à herança genética como um idoso que se torna mais predisposto a sofrer ictus por ter antecedentes em sua família.

A idade avança também aumenta o perigo de sofrer ictus, consequentemente o padecimento de algumas condições como pressão arterial alta, diabete mellitus, entupimento da artéria carótida, insuficiência cardíaca, entre as principais.

É importante mencionar que o ataque do ictus é súbito e pode causar em poucos minutos uma lesão considerável podendo vir acompanhada de: paralisia do corpo, visão turva, problemas na fala, na hora de compreender o que o outro diz, perda da memória, entre outros.

Existem dois tipos de ictus muito comuns, por um lado, o ictus hemorrágico que se caracteriza pelo rompimento de um vaso sanguíneo fazendo com que o sangue se desloque para o cérebro sem controle algum e comprima o tecido do cérebro; por outro lado, o ictus isquêmico, onde o vaso sanguíneo se obstrui em seu interior e normalmente causa acúmulo de gordura nas paredes dos vasos.

A maneira de diagnosticar o ictus é através de um check-up médico, o doutor solicita a realização de alguns exames como a tomografia computadorizada ou a ressonância magnética para comprovar o diagnóstico.

É importante lembrar que aqueles que já sofreram algum ictus têm grandes chances de sofrer novamente, por isso deveria extremar seu controle e as recomendações médicas para evitar outro quadro similar.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Ictus. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/ictus >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Ictus