Conceito de HPV (Vírus do Papiloma Humano)

O vírus do papiloma humano, melhor conhecido por suas siglas HPV, consiste em uma das doenças mais comuns sobre transmissão sexual na atualidade. Ela produz certas lesões tipo verrugas ou papilomas que localizadas no colo do útero da mulher podem causar grande risco como o desenvolvimento do câncer cervical ou do câncer de colo uterino. Estima-se que o HPV é causador de 5% de todos os casos de câncer em termos mundiais.

Existem três formas principais de infecção por HPV: as verrugas comuns localizadas principalmente nos dedos, as verrugas plantares desenvolvida na planta dos pés e os condilomas ou verrugas que se desenvolvem nas zonas genital, anal ou bucal, e que são causadoras das doenças sexualmente transmissíveis.

Esta infecção pode ser curada em um longo período de vários meses até dois anos, especialmente os dois primeiros tipos. No caso dos condilomas, os mesmos podem crescer e invadir a zona genital e perianal espalhando-se posteriormente ao interior da vagina e ao colo do útero. Os homens e mulheres portadores desta doença são capazes de transmiti-la durante o contato sexual a seus parceiros, inclusive quando são portadores assintomáticos.

Existem vários tipos de HPV, estima-se entre 150 de serotipos diferentes, entretanto, apenas 15 são capazes de dar origem à formação do câncer de colo de útero, especialmente dois deles, os serotipos 16 e 18. A infecção por HPV pode ser adquirida durante a juventude no início da atividade sexual, especialmente diante de condutas como a promiscuidade, o alto número de parceiros sexuais e o sexo sem proteção. Existem certas condições que debilitam o sistema imune como a má nutrição, as doenças crônicas, a presença de outras infecções como o HIV (vírus de imunodeficiência humana), tabagismo, sexo anal passivo, uso de drogas e esteroides.

Embora as lesões por HPV sejam visíveis, é possível que se localizem apenas no colo do útero, onde para sua identificação é necessária a realização de uma citologia. Para isso, é obtida uma mostra dessa estrutura durante o exame ginecológico através da realização de uma biopsia quando há suspeita de um diagnóstico maligno sobre a lesão.

O tratamento das lesões por HPV consiste em sua eliminação através de cirurgia, pela aplicação de ácidos ou congelamento com nitrogênio liquido mediante um procedimento conhecido como criocirurgia. Diante dessa infecção, a melhor estratégia é a prevenção através de condutas sexuais responsáveis, pela visita regular da mulher ao ginecologista e a proteção com o uso de preservativos durante o ato sexual.

Hoje em dia existe uma vacina contra o HPV que se encontra disponível em alguns países. Ela é indicada especialmente para meninas e adolescentes antes do início da atividade sexual e que também pode ser aplicada em jovens e crianças do sexo masculino.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

HPV (Vírus do Papiloma Humano). QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/hpv-virus-do-papiloma-humano >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados HPV (Vírus do Papiloma Humano)