Conceito de Hepatite C

Male liver anatomy with digestive organsA hepatite C é causada pelo vírus da hepatite C. Esta doença se apresenta como uma infecção em poucas semanas e sem sequelas, ou até mesmo, como uma infecção crônica que se mantém pelo resto da vida. Isso depende de vários fatores, especialmente da imunidade do paciente. Estima-se que atinge cerca de 150 milhões de pessoas em todo mundo, das quais aproximadamente 500 mil morrem a cada ano por esta causa.

Da mesma forma que a hepatite B, a hepatite C se adquire através do contato com o sangue, por secreções vaginais ou pelo sêmen da pessoa infectada. Por esta razão, pode ser transmitida através de contato sexual, transfusão de sangue, por material médico ou cirúrgico contaminado especialmente usado em procedimentos como tatuagem ou por compartilhar seringas não descartáveis no caso dos drogados. Muitas vezes as infecções da hepatite B e C ocorrem de forma simultânea.

Ao ser adquirida a hepatite C ocasiona certos incômodos como fadiga, dor abdominal, náuseas, vômitos, mal-estar, dores articulares e febre. Em grande número de casos, a pessoa infectada não desenvolve nenhum tipo de sintoma, ficando livre desse vírus em aproximadamente seis meses.

Outro tipo dessa doença é a hepatite crônica desenvolvida de 7 a 8 em cada 10 pessoas que entram em contato com esse vírus. Nela ocorre a inflamação e a destruição das células hepáticas sem a percepção dos sintomas pelo paciente, até o surgimento de uma lesão grave com a cirrose hepática. Por esta razão, diante da presença de fatores de risco é necessário pesquisar se houve a infecção pelo vírus da hepatite C. Para isso, são solicitados estudos de exame de sangue, chamados de sorologia, e em caso de serem positivos é necessária uma série de testes para estabelecer o grau de infecção causado por esta doença.

Um grande número de pessoas que desenvolve essa doença é curado espontaneamente sem a necessidade de um tratamento. Os pacientes com infecção crônica podem ser tratados com medicamentos antivirais, estes são fármacos de uso delicado, administrados e supervisionados pelos médicos infectologistas.

O desenvolvimento da infecção crônica pelo vírus da hepatite C pode ocasionar o surgimento de uma cirrose hepática ou do câncer de fígado, inclusive apresentar-se 20 anos após a lesão.

Atualmente não existe uma vacina para prevenir esta doença, uma vez que o único meio se baseia na prevenção. No caso de adquirir a doença, uma medida que pode ser adotada é suspender por completo o consumo de álcool já que esse hábito favorece o desenvolvimento de lesões como a cirrose hepática.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Hepatite C. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/hepatite-c >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Hepatite C