Conceito de Hanuká

HanukaTodas as religiões são baseadas em dogmas e rituais, ao mesmo tempo, possuem certas celebrações festivas que comemoram algum fato histórico. Nesse caso, o Chanukah é uma festividade própria do judaísmo.

Símbolos da liberdade e história

O Hanuká é uma celebração que lembra um milagre de grande importância histórica. Quando os judeus estavam dominados pelos gregos (século II a. C) foram forçados a não celebrar mais seus rituais. Como resposta a esta imposição, o povo judeu combateu seus dominadores com o fim de se libertarem e poder, desta forma, praticar sua religião. Os judeus conseguiram vencer apesar de sua inferioridade militar, por isso, comemoram sua vitória com velas de menorá, ou seja, um candelabro formado por sete braços que se acendem como uma lâmpada a óleo e que estabelece um dos símbolos ancestrais para os judeus.

Quando quiseram acender o menorá, os judeus perceberam que só havia óleo para acender as velas durante um dia, assim Deus fez o milagre de deixar as velas acesas durante oito dias no Templo de Jerusalém, desta maneira, o Hanuká recorda e ao mesmo tempo celebra o acontecimento deste milagre. Este símbolo representa a vitória do povo judeu e sua confiança no poder de Deus.

O ritual de Hanuká

O Hanuká se inicia com o acendimento das velas e deve ser feito pouco antes do amanhecer (após o surgimento do sol, começa o shabat, dia sagrado para o povo judeu). Todos os dias, uma vela é acesa (da mesma forma que o Shamash). As velas não podem mover-se nem apagar, pois têm que ser consumidas de forma natural. Um dos costumes característicos é colocar uma caixa de moedas junto ao menorá. As mulheres casadas presentes no ritual devem cobrir seus cabelos em sinal de respeito.

Entendendo em detalhes

Por outro lado, os braços do candelabro precisam mover-se em três ocasiões (o número 3 simboliza o compromisso pessoal) e os presentes cobrem o rosto com as mãos para realizar uma benção de agradecimento a Deus. Este momento de reza tem o propósito do diálogo entre Deus e um fiel cristão que aproveita para pedir proteção e ajuda.

Segundo a tradição do Hanuká, as velas devem ser acesas de preferência por uma mulher casada e o menorá não deve ficar próximo da entrada da casa e, assim, evitar que as velas se apaguem.

Foto: iStock . tovfla

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Hanuká