Conceito de Graça

Do ponto de vista etimológico, a palavra graça provém do latim “gratus” e quer dizer grato ou agradável. O conceito graça possui vários significados. Em primeiro lugar, é sinônimo de humor, neste sentido costuma-se falar de uma pessoa com graça ou gracejo para expressar que a mesma é divertida e que conta histórias ou causos com toque humorístico; já ao contrário, quando uma pessoa não tem esta qualidade costuma-se dizer que ela não tem graça. Ao mesmo tempo, equivale a elegância ou charme, por exemplo, quando tem uma graça especial ao dançar. No âmbito jurídico, a graça é o perdão que se concede de maneira excepcional, por exemplo, a concessão de liberdade para um preso por um motivo especial. Por último, a graça tem um sentido religioso.

A graça divina

A ideia de graça divina no cristianismo parte da atitude de Deus perante os homens, ou seja, de seu amor incondicional. Deus dá aos homens um dom especial: a graça, permitindo-lhes o conhecimento do sobrenatural, em outras palavras, a graça de Deus é o elemento que nos permite conectar nossa alma com Ele próprio. Pode-se dizer que é uma qualidade que Deus depositou sobre os homens para que sejam iluminados na compreensão do sobrenatural. Neste sentido, a graça é uma força particular que permite ao ser humano afiançar sua fé e, ao mesmo tempo, lhe ajuda a evitar o pecado.

Na tradição cristã, a graça recebida através do sacramento é o batismo. Entretanto, este dom se consolida na alma humana com o cumprimento dos sacramentos através da oração. Enfim, a teologia cristã apresenta a graça como o caminho para a salvação, ou seja, num sentido religioso se refere à graça divina.

A ironia aplicada no cotidiano

No uso cotidiano da linguagem existem diversas situações na qual o vocábulo graça se mostra presente. Assim, quando algo nos resulta desagradável dizemos ironicamente: “Sem graça”. Quando as crianças pequenas ou os bebês fazem gestos meigos ou emitem sons que despertam a simpatia dos adultos, este ato é considerado uma graça. Quando um indivíduo inicia uma atividade é importante que agrade aos demais, pois o que se tenta é que esta atividade “caia na graça” das outras pessoas. Há um ditado popular que diz: "Mais vale cair em graça do que ser engraçado.".

Foto: iStock . ozgurdonmaz

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Graça