Conceito de Fisiopatologia

FisiopatologiaA Fisiopatologia é um campo da medicina que se dedica ao estudo dos mecanismos pelos quais se originam as mais variadas doenças, isso permite explicar porque ocorrem seus sintomas e as diversas manifestações.

Este campo da medicina está extremamente ligado à Fisiologia, ciência que estuda e descreve a forma como são realizados os diversos processos dos seres vivos de maneira natural, diferentemente da fisiopatologia que descreve a forma como estes processos mudam no organismo doente.

A Fisiopatologia é de grande importância para o exercício da medicina, pois permite a compreensão dos mecanismos que originam as doenças e a forma específica de tratamento. O desconhecimento destes mecanismos faz com que os sintomas sejam tratados de forma empírica, limitando-se apenas ao controle dos sintomas sem fazer nada pela causa de sua origem.

História natural da doença

Cada doença tem uma forma de apresentação e evolução que é própria, desde que não haja nenhuma intervenção ou tratamento, assim a mesma pode seguir seu curso estudando a “história natural da doença” que possui três fases:

Fase inicial

Cada transtorno tem uma fase inicial que muitas vezes é denominada como o período de latência. Esta fase abrange as primeiras alterações que ocorrem no organismo a partir do início dos efeitos adversos envolvidos na origem da doença até o momento das primeiras manifestações. Em geral, esta primeira etapa ocorre de forma assintomática, ou seja, sem que o paciente apresente algum sintoma.

Fase clínica

Na fase clínica em que aparecem as manifestações da doença, elas podem apresentar-se de várias maneiras como de forma contínua, por episódios ou crises. Esta fase pode durar poucos dias ou muito tempo, assim quando uma doença persiste por mais de seis meses podemos chamá-la de crônica. Este tipo de doença pode apresentar os primeiros sintomas da doença de base, mas também pode trazer outras complicações.

Fase terminal

Esta fase é variável. Nas patologias de curso benigno, as doenças podem ser curadas e o paciente recupera sua saúde, já em outras doenças pode ocorrer uma série de danos que levam à falha de algum órgão ou sistema, o que finalmente levará à morte.

Principais mecanismos que originam as doenças

As doenças surgem como consequência de vários fatores ou condições genéticas que afetam diretamente algum processo, as infecções, as carências nutricionais, os traumatismos, transtornos imunológicos e as causas idiopáticas que correspondem a todos os processos que não tendem a uma causa conhecida. Também é possível que algumas doenças se manifestem por erro médico, situação que é conhecida como iatrogenia.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Fisiopatologia. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/fisiopatologia >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Fisiopatologia