Conceito de Fenomenologia

FenomenologiaO termo fenomenologia surgiu do campo da filosofia e destaca como teoria filosófica estudar os fenômenos e tudo o que acontece ao seu redor.

No entanto, fenômeno significa tudo aquilo que se manifesta no plano consciente de um indivíduo como resultado de sua atividade perceptiva. Assim, tudo aquilo que provém de uma experiência sensorial pode ser catalogado dentro do universo dos fenômenos. Pelo contrário, tudo o que não pode ser percebido e que demande de nossa razão para ser compreendido não poderá ser chamado de fenômeno.

Então, todo problema ou questão filosófica que nos preocupa, de acordo com a fenomenologia, deve ser resolvido ou compreendido apenas através da experiência e da intuição.

De acordo com a fenomenologia aquilo que ocorre no plano da experiência está mais próximo do real, ou seja, do original.

A experiência vivida e sentida é a que mais se ajusta ao conhecimento dos fatos.

Existem diversas correntes dentro da fenomenologia, no entanto, a transcendental criada pelo filósofo Edmund Husserl é a mais conhecida e relacionada a esse conceito.

Husserl introduziu no século passado uma nova proposta na filosofia para servir de base em qualquer ciência natural e com a missão de exercer uma renovação no campo.

Assim propôs o desenvolvimento de um método e de um programa para o momento da investigação. O método proposto por Husserl, denominado eidético, consiste na comparação de vários objetos para sobressaltar a essência compartilhada.

Husserl afirmava que o que acontecia em nossa consciência era intencional e que se referia aos objetos e coisas que são a propósito resultado dessas vivências.

Vale destacar que a fenomenologia de Husserl influenciou notavelmente outras correntes filosóficas de grande envergadura que surgiram logo após como é o caso do Existencialismo.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Fenomenologia