Conceito de Febre

A febre é um dos distúrbios mais frequentes, especialmente durante a infância ou em pessoas com alterações no sistema de defesa. Corresponde a elevação da temperatura corporal acima dos 37,5ºC podendo alcançar os 42ºC.

Geralmente, o aumento da temperatura corporal vem acompanhado de outros transtornos como calafrios, sudorese, dor de cabeça, dor nos músculos e articulações, fraqueza e falta de apetite.

Efeitos positivos e negativos da febre

A febre é um mecanismo de defesa do organismo. O aumento de temperatura leva ao aumento do fluxo sanguíneo para os locais que produzem essas anormalidades com a finalidade de defender essas células, assim como os mediadores do sistema imunológico conhecido como interleucinas, dão início ao processo de defesa do organismo contra os agentes invasores.

Embora a febre tenha uma importante razão de ser, ela é capaz de produzir uma série de efeitos adversos como é o caso de alguns sintomas associados, tais como: dores musculares, articulares e de cabeça; perda de líquidos pelo suor que levam à desidratação; aumento do gasto cardíaco (quantidade de sangue que deve pulsar o coração) e a necessidade de oxigênio para não desequilibrar as pessoas com doenças pulmonares ou cardíacas. Umas das complicações mais temidas é a presença de febre alta em crianças, pois estas podem causar convulsões.

Agentes capazes de produzir febre

Existem muitos agentes capazes de produzir febre e estes são conhecidos como pirogênios. Os principais são os microrganismos infecciosos tais como os vírus, as bactérias, os fungos e os parasitas. Também é possível que a origem da febre seja por reação do sistema imune, pela lesão dos tecidos após um traumatismo ou infarto, pela presença de tumores ou pelo uso de medicamentos ou alterações hormonais como no hipertireoidismo.

A febre pode ser de vários tipos

A febre pode apresentar-se seguindo diferentes tipos de padrões, isso faz com que se torne mais fácil o reconhecimento de sua provável causa.

Um tipo comum de febre é aquela que aparece após um período de calafrios, a temperatura sobe ao máximo e depois desce causando grande sudorese. Por vários dias esse padrão é manifestado, mas geralmente, esse tipo de febre ocorre por infecções a bactérias.

É possível que a febre apareça e se mantenha constante sem variações, isto é comum em doenças como a pneumonia.

A febre pode aparecer por alguns dias, desaparecer e reaparecer alguns dias depois. Este padrão é conhecido como febre quebra-ossos, pois é muito característico de doença como dengue e malária.

O que fazer em caso de febre?

A febre é um sinal de que algo está acontecendo no organismo. O ideal é ir ao médico para identificar sua causa, no entanto, é recomendável tomar medidas para o seu controle, tais como:

- Tirar as roupas mais pesadas e colocar roupas mais leves;

- Tomar um banho com a água em temperatura ambiente ou fria, durante o banho é recomendável esfregar-se para ajudar a dissipar o calor;

-Aplicar panos umedecidos com água gelada sobre a testa, o pescoço, as axilas e a virilha, após isso pode esfregar as costas e o abdome caso persista a temperatura alta.

-Aplicar creme hidratante frio sobre a pele;

-Usar medicamentos antipiréticos, quando não se conhece a causa da febre é recomendado o uso do acetaminofen, o mesmo é administrado a cada 6 horas enquanto durar a febre. Os AINEs são antipiréticos potentes, contudo causam muitos efeitos colaterais podendo ocasionar efeitos colaterais que podem levar a complicações. Devem ser usados somente sobvigilância e prescrição médica.

Foto: iStock - Neustockimages

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Febre