Conceito de Equilíbrio

Denomina-se equilíbrio ao estado em que se encontra um corpo quando as forças que atuam sobre ele se compensam e anulam reciprocamente. Quando um corpo está em equilíbrio estático, ele se mantém sem nenhum tipo de mudança, não sofre aceleramento de translação ou rotação, no entanto, quando ele se desloca levemente, podem acontecer três fatos: que o objeto regresse a sua posição de origem (equilíbrio estável), de o objeto afastar-se ainda mais de sua posição de origem (equilíbrio instável) ou que se mantenha em sua nova posição (equilíbrio indiferente ou neutro).

No entanto, embora o termo goze de um amplo uso em diferentes áreas, como a física, a biologia e a economia, em todas elas sempre se refere a algo que se mantém em medida certa apesar das incidências ou contingências.

No campo da física e da engenharia encontramos três tipos de equilíbrios: o termodinâmico que se refere à situação de um sistema físico em que seus fatores externos e processos internos não produzem mudanças de temperatura ou pressão; o químico acontece quando uma reação química de transformação é produzida ao mesmo tempo do seu inverso, e então não há mudanças nos compostos. E por último, o mecânico que acontece quando as somas das forças sobre todas as partes são anuladas.

Em relação à termodinâmica, por exemplo, dentro da energia cinética ou de movimento, as formas de transferências de calor em geral buscam o equilíbrio térmico seja através da condução (transferência por contato), da convecção (transferência por deslocamento de ondas), ou da radiação (transferência por radiação de ondas). Assim, por exemplo, no caso da convecção, quando ligamos um aparelho de ar condicionado, o deslocamento das ondas de calor tende a equilibrar a temperatura do ambiente que se encontra o aparelho. Ou então, uma moeda exposta à ação dos raios solares sofre mudanças em sua temperatura, atuando também como ação de equilíbrio térmico entre a temperatura de origem e os graus de exposição ao calor.

Por outro lado, na biologia, o equilíbrio está estreitamente relacionado com a teoria de evolução das espécies, pois estabelece que a especificação de um determinado ser normalmente acontece num período de estabilidade e ausência de mudanças.

Um tipo de equilíbrio popular dos últimos anos é o equilíbrio ambiental, dentro das preocupações de muitas organizações civis e órgãos do Estado pela emergência ambiental atual. Este equilíbrio entre a ação do homem ou do impacto ambiental pretende minimizar as consequências de prejuízo ao ambiente, pelos quais o homem se despreocupou durante séculos. A atividade industrial e a exploração de recursos naturais são duas áreas de produção econômica que devem ser submetidas a estes princípios do equilíbrio ambiental. O conceito de desenvolvimento sustentável vem desta tendência da evolução humana.

O equilíbrio também ocupa um lugar de destaque dentro da ciência econômica, então se diz que uma situação econômica é equilibrada quando a oferta e a demanda são iguais ou os fatores plausíveis de provocar mudanças se compensam entre si dando uma estabilidade. Algo que, por exemplo, não acontece na atualidade econômica mundial como todos já sabem.

E finalmente, na educação física, o equilíbrio ou sentido de equilíbrio é uma das habilidades mais importantes a alcançar porque o domínio deste sentido é o que permite que os atletas realizem algumas acrobacias, não caindo no chão e se machucando.

Inclusive, dentro da atividade circense, o equilíbrio cumpre um papel fundamental e há especialistas em apresentações deste tipo que são denominados "equilibristas". Eles costumam caminhar em cordas estreitas entre diferentes pontos, onde o controle do corpo e o equilíbrio devem ser extremos.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Equilíbrio