Conceito de Distensão Abdominal

Distensao-AbdominalA distensão abdominal, como seu próprio nome diz, se refere ao aumento de volume do abdome que obedece a inúmeras causas, tanto médicas como cirúrgicas.

A parede abdominal é formada por uma série de músculos que protegem e cobrem a cavidade abdominal, onde se encontram as vísceras e os órgãos do aparelho digestivo. Esta parede é uma estrutura macia capaz de deslocar-se para fora por causa do aumento do volume do conteúdo abdominal originando assim a distensão.

Quando o abdome se distende aumenta seu diâmetro e torna-se timpânico quando golpeado, ocasionando um som similar ao de um tambor. Normalmente este processo vem acompanhado de certos incômodos como uma dor predominantemente cólica e de alterações nas evacuações como diarreias ou prisão de ventre.

As causas mais comuns de uma distensão abdominal são as inflamações do cólon produto da síndrome de cólon irritável ou pela ingestão de alimentos produtores de gases, tais como os grãos e também pelo consumo de lácteos em pessoas intolerantes à lactose ou de glúten nos celíacos. Nestes casos, a distensão vem junto de cólicas e fezes amolecidas ou bastante líquida acompanhadas de flatulências. Assim, os sintomas melhoram quando adotam uma alimentação livre de produtos intolerantes.

Outra condição comum é a distensão produto do armazenamento de matéria fecal em pessoas com prisão de ventre, especialmente quando se dura vários dias. Estas pessoas costumam ter dores abdominais, mal-estar em geral, evacuações com fezes pequenas e em forma de bolinhas. Estes desconfortos estão associados a uma dieta pobre em fibras e água, seu tratamento se baseia em melhorar a alimentação incluindo mais frutas e verduras, assim como beber mais água pode solucionar o problema.

Nos pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca ou de doenças no fígado como a cirrose hepática é possível que o abdome se distenda pelo acúmulo de líquido em seu interior. Este fenômeno é conhecido como ascite e é similar ao acúmulo de líquido no tornozelo, se deve ao aumento de pressão das veias que obriga uma fração do líquido do sangue a sair para os tecidos. Este tipo de distensão alivia com o uso de medicamentos que ajuda a eliminar o excesso de liquido como os diuréticos juntamente com um controle adequado da doença.

Um grupo menos frequente que corresponde às causas cirúrgicas de distensão abdominal são os transtornos como a obstrução intestinal e o pneumoperitônio que significa o acúmulo de gás dentro do abdome devido à ruptura de uma víscera oca como estômago ou cólon por causa da perfuração de uma úlcera, tumor ou divertículo. São causas cirúrgicas, pois necessitam deste tipo de tratamento para reparar o dano que originou essa distensão abdominal.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Distensão Abdominal