Conceito de Dispneia

DispneiaA dispneia é um sintoma incômodo e angustiante para quem sofre dessa enfermidade. Ela causa a sensação de dificuldade para respirar, onde muitas vezes os pacientes se referem a ela indicando a “falta de ar”.

A dispneia é um sintoma que está relacionado a várias doenças, limita as pessoas para realizar suas atividades diárias, especialmente para locomover ou movimentar-se. Por tratar-se de uma percepção ou um sintoma subjetivo é importante constatar a dificuldade para respirar através de parâmetros objetivos que permitam classificar de alguma forma sua magnitude, como é o caso do cumprimento dos espaços intercostais durante a inspiração (conhecida como tiragem intercostal), coloração azulada da pele e especialmente das mucosas (cianose), tosse, expectoração, febre, entre outros.

Com a dificuldade respiratória súbita e iniciada em poucos minutos nos faz pensar em um grave problema de saúde, como é o caso da obstrução da via aérea por um corpo estranho, da presença de um infarto cardíaco, do embolismo pulmonar, do colapso pulmonar pela ruptura de uma bolha ou pelo fechamento da glote por uma reação alérgica.

Quando a dispneia se instala de forma progressiva e apresenta várias horas de evolução, devem ser avaliadas as condições para poder orientar ou determinar melhor sua causa, como também certos incômodos como a tosse e a expectoração que podem causar doenças como bronquite, asma ou pneumonia.

A dispneia progressiva também se deve a problemas cardíacos, especialmente a insuficiência cardíaca e a inflamação da membrana que reveste o coração chamada pericardite. Nas duas condições, a dispneia acontece pelo acúmulo de líquido nos pulmões por causa de uma falha no bombeamento de sangue por parte do coração. Um sintoma característico da dispneia de origem cardíaca é que costuma aparecer logo após algum esforço, por exemplo, numa caminhada, como também ao deitar ou estar em posição horizontal e que só melhora ao levantar ou sentar-se, essa circunstância é conhecida como ortopneia. Este tipo de dispneia pode ser interrompido durante o sono fazendo com que o paciente se veja obrigado a dormir sentado durante a noite.

A dispneia recorrente se deve a uma insuficiência cardíaca ou por problemas respiratórios como a broncopneumonia obstrutiva crônica, conhecida pelas siglas DPOC e pelo câncer de pulmão. Também deve ser considerada a possibilidade de origem psicogênica em pessoas com transtornos de ansiedade ou ataques de pânico.

O tratamento da dispneia depende da origem de sua causa, geralmente é de grande ajuda manter a pessoa tranquila e sentada, além de eliminar certas roupas que comprimam o tórax ou o abdômen e deixá-la em algum lugar ventilado e arejado. No caso de uma dispneia súbita é necessário locomover o paciente o mais rápido possível para um centro de atendimento de saúde e urgência.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Dispneia