Conceito de Desesperança

DesesperancaO sentimento de esperança é um dos mais importantes na receita da felicidade. A esperança se refere a esse bem que está por chegar.

Essa ilusão está no futuro que se materializa através de um desejo concreto em um plano de ação em função de um objetivo. Entretanto, o ser humano também pode experimentar o sentimento oposto à esperança. Trata-se da desesperança do coração, um sentimento que pode surgir em vários graus e em diferentes contextos.

Alguns exemplos: uma pessoa pode sentir-se desesperançada em sua relação conjugal quando atravessa uma grave crise; um indivíduo apaixonado pode não ter esperanças de ser correspondido por um amor idealizado; um sujeito que sofre um período de desemprego de longa duração pode perder a esperança de encontrar um novo trabalho, entre outros.

Visão negativa da realidade

A desesperança mostra uma visão negativa da realidade para cada contexto. E esta visão negativa pode trazer tristeza, influencia de forma negativa a autoestima, traz solidão, raiva por causa da falta de esperança, cansaço psicológico e esgotamento físico (a conexão corpo e mente são constantes). O sentimento da desesperança causa uma dor interior, a pessoa se fecha para o mundo.

A desesperança se mostra no pensamento negativo recorrente, que por sua vez, traz sentimentos desagradáveis.

O que fazer para superar a desesperança?

Do ponto de vista vital, é muito importante lembrar que a desesperança não é um ponto definitivo, mas que é essencial alimentar esperança. Como alcançar este objetivo?

1. É muito importante não carregar um sentimento de solidão. É melhor compartilhar com um amigo de confiança, pois toda tristeza pode ser superada com o consolo de uma pessoa amiga que entende a situação e demonstra empatia. Além disso, é indispensável romper com o círculo da solidão em uma situação destas características. A companhia é terapêutica.

2. Em qualquer situação de sofrimento é muito importante evitar o papel de vítima para ser sempre o protagonista único e exclusivo de sua própria história pessoal. Esse papel de vítima leva à autocompaixão enquanto que o papel de protagonista nutre o amor próprio.

3. O sofrimento machuca, no entanto, é muito importante buscar um sentido concreto a esse sofrimento com o objetivo de suavizar a dor.

Foto: iStock - Martin Dimitrov

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Desesperança. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/desesperanca >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Desesperança