Conceito de Desenho Industrial

Desenho-IndustrialO desenho industrial também conhecido como design gráfico é uma atividade que se propõe comunicar valores/mensagens de forma visual, sua origem tem a ver com a sociedade industrial e a necessidade de resolver problemas comunicativos, seja de difusão (propaganda/publicidade), funcionais (sinalização), culturais (livros, revistas), etc. No mundo moderno, vale dar ênfase no design gráfico, pois é uma profissão cujos fundamentos radicam na concepção e execução de ferramentas de comunicação visual.

Embora a tarefa primordial destes profissionais se baseie na elaboração de mensagens pontuais dirigidas a determinadas comunidades ou grupos sociais, o crescimento atual das estratégias de propaganda fez com que as criações dos desenhistas fossem difundidas entre todas as classes da sociedade.

Portanto, a atividade de quem exercita o desenho industrial é considerada hoje com uma disciplina de características superiores. Assim, em algumas universidades, a carreira de desenhista industrial se chama Designer em Comunicação Visual, uma vez que excede amplamente à indústria gráfica: as mensagens são transmitidas por meios impressos (jornais, revistas), digitais, radioelétricos (televisão) e na associação de todos estes recursos de comunicação.

É preciso levar em conta que é uma disciplina nova que possui pouca bibliografia até início da década de 1990, produzindo um boom a partir do século XXI, devido à solidez dos computadores pessoais e das condições internacionais mais favoráveis à utilização das técnicas de designer em comunicação visual. Sem dúvidas, a massificação da Internet foi fundamental na existência desta carreira. Muitos estudantes das Belas Artes e outras disciplinas interligadas focaram nesse tipo de atividade para acomodar seu campo de ação em novas tecnologias e, com isso, gerar novas fontes de trabalho.

Embora o designer necessite ter ideia sobre várias atividades relacionadas, como por exemplo, o desenho, a fotografia, a geometria, a ótica, a psicologia Gestalt, a percepção, a tipografia, a semiologia, entre outras inúmeras áreas, dirige basicamente todo um processo de desenho em um grupo multidisciplinar. Se trabalhar sozinho talvez pratique por si só todas essas disciplinas, constituiria sem dúvidas em um esforço incomum.

As equipes de trabalho são formadas entre os próprios designers e com outros profissionais, como acontece nos grupos editoriais modernos. Nestas áreas se demonstram todo o potencial destes profissionais do designer gráfico, que não só contribuem, mas também editam e aperfeiçoam o material ilustrado de diferentes publicações tangíveis ou digitais, e que, além disso, colaboram com o processamento de gráficos, tabelas e figuras de notas escritas pelos autores e colaboradores. Esta atividade dos designers gráficos permite uma troca de opiniões e conceitos com outros integrantes da equipe de trabalho destinando o crescimento profissional de cada um no âmbito da tarefa conjunta.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Desenho Industrial. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/desenho-industrial >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Desenho Industrial