Conceito de Desconsolo

Existem situações pessoais que podem causar dor e sofrimento. Neste tipo de situação dolorosa, o ser humano necessita o consolo de uma palavra amiga. Entretanto, a dor interna pode ser tão grande que a pessoa não encontra consolo em nada para aliviar essa dor em um primeiro momento.

O desconsolo está vinculado à desesperança de uma pessoa que sofre ao extremo por uma razão não compreendida ou que considera injusta.

A dor interna da alma

O desconsolo é a dor interna da alma, uma dor que produz amargura no coração fruto do sofrimento seco e agonizante. Existem situações que podem estar vinculadas ao desconsolo: a morte de um ente querido, uma doença grave, uma tragédia ou uma notícia inesperada muito dolorosa. Este desconsolo acontece num primeiro momento quando se conhece determinado fato ou também pode durar por muito mais tempo.

Assim ocorre, por exemplo, com a dor patológica experimentada por uma pessoa que perdeu um ser querido e que ainda não cicatrizou a ferida. A dor continua aberta. Do ponto de vista humano, por ser um fato antinatural, é muito doloroso para um pai a morte de seu filho.

Uma tristeza imensa

O desconsolo é a soma da tristeza, do desespero, da solidão, da incompreensão e da impotência por não poder influenciar no destino e modificar o azar do desejo pessoal. O desconsolo acontece quando uma pessoa tem que aceitar algo que lhe dói na alma.

O tempo é um fator que tem um impacto importante no consolo pessoal. Isto é, as pessoas necessitam de tempo para assimilar determinada realidade, assimilar o que passou, adaptar-se às mudanças e iniciar uma nova vida. O desconsolo existe, porém quando uma pessoa está envolvida neste aspecto deve buscar consolo naquilo que lhe faz bem, no apoio emocional e um alívio a essa intensidade.

Existem certos bens que trazem consolo: a conversa com um amigo, o abraço de um ente querido, o apoio psicológico nos casos de dor patológica e a esperança.

Foto: iStock - BraunS

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Desconsolo