Conceito de Deleite Corporal

Deleite-CorporalDo ponto de vista emocional, a busca pela felicidade é um objetivo vital e importante para todo ser humano. Um dos elementos da receita da felicidade é o prazer. O prazer pode se emocional como mostra o gozo, mas também pode ser físico.

Este prazer corporal mostra o deleite sensível ou físico que experimenta uma pessoa ao receber determinada informação através dos sentidos. Os sentidos podem experimentar agrado ou desagrado diante de um objeto.

O prazer de todos os sentidos

O agrado mostra o prazer físico. Uma carícia na pele nos dá prazer, enquanto que um soco nos causa dor. Uma melodia pode causar sono, porém uma música tocada em alto volume pode tornar-se um ruído muito incômodo. O silêncio do campo é um prazer agradável para o sujeito que entra em contato com si próprio graças a esse local de relaxamento. Entretanto, a contaminação acústica pode prejudicar até mesmo o descanso adequado.

Existem certos prazeres que são culinários, por exemplo, uma pessoa sente um imenso prazer quando vê seu prato favorito no cardápio do dia, enquanto a outra experimenta uma sensação desagradável quando lhe é servido um prato que não gosta.

A beleza do visual

Do ponto de vista visual, uma pessoa também deleita quando observa a beleza de um ramalhete de flores ou de uma paisagem magnífica. A linha que separa o prazer físico do emocional pode ser pequena, pois existem prazeres físicos que também elevam o espírito.

Por exemplo, quando uma pessoa se apaixona sente prazer visual ao olhar bem nos olhos da outra pessoa (os apaixonados se contemplam sem descanso), mas em termos de emoção o casal experimenta o prazer da paixão.

Existem muitas sensações físicas que nos dão um prazer agradável: uma ducha relaxante após um longo dia de trabalho; o imenso prazer de chegar em casa e colocar um roupa cômoda; dormir até tarde durante o fim de semana.

O prazer reforça o bem-estar

O prazer é um ingrediente da felicidade. Assim como o ser humano persegue por natureza a alegria e evita a tristeza, da mesma forma, todo ser humano persegue o prazer e evita a dor. Não se trata de buscar o prazer de modo excessivo, mas encontrar o equilíbrio com prudência.

Foto: iStock - Xsandra

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Deleite Corporal. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/deleite-corporal >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Deleite Corporal