Conceito de Crianças

Normalmente, considera-se que crianças são aqueles indivíduos que transcorrem pela primeira instância da vida conhecida como infância e que é anterior à puberdade. As crianças são geralmente entendidas como tal até os doze ou catorze anos em termos gerais, embora este período da vida seja em alguns aspectos confuso durante esta transferência de etapas. Apesar dos bebês serem considerados por alguns profissionais como crianças, outros afirmam que essa etapa é anterior à infância, portanto as possibilidades são variadas e não de tudo definidas. Um dos aspectos que pode ser utilizado para compreender o que é uma criança é o fato de que não são considerados adultos e que, portanto, devem ser protegidos e cuidados por aqueles maiores de idade.

Historicamente o conceito de infância tem variado ao longo da história, assim como os diferentes espaços socioculturais. Não só tem variado os limites de idade pelo qual se considera um sujeito como "criança", mas também transformaram os direitos e as necessidades de certos indivíduos, assim como as responsabilidades de conjunto da sociedade para com eles.

De acordo com as definições estabelecidas pela Organização das Nações Unidas, através da Convenção dos Direitos da Criança, deveria ser entendida como crianças a todos os indivíduos menores de dezesseis anos, idade que pode variar com a legislação de cada país. A legislação internacional estabelece que as crianças são sujeitos que devem contar com a proteção e o cuidado dos adultos em todos os aspectos que fazem sua vida cotidiana. Por outro lado, devem contar com direitos essenciais tais como o direito à família, à educação, à moradia, à alimentação e à saúde, sendo responsabilidade dos adultos velar para que esses direitos sejam cumpridos.

Hoje numerosas organizações internacionais, regionais e locais se ocupam em garantir um futuro a crianças de diversas partes do mundo, como também dar boas condições de vida a curto e largo prazo. Entre elas encontramos a UNICEF (dependente da ONU), Save the Children ou Missing Children. Estas organizações se baseiam em lutar especialmente contra flagelos como o abuso infantil, a pedofilia, o trabalho infantil, o abandono, o analfabetismo e a prostituição infantil, entre outros.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Crianças. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/criancas >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Crianças