Conceito de Castrati

CastratiCastrati ou castrato é um termo que se refere às crianças que demonstravam qualidades para o canto e que foram submetidos à castração testicular para, desta maneira, conservar sua voz aguda, típica de um soprano.

Podemos dizer que o período barroco foi o mais popular e reconhecido por estes tipos de cantores. Eram certamente estrelas da música como acontece hoje em dia com Madonna, Paul McCarteney, entre outros.

Sem dúvida que esta prática tão virulenta, pouco pedagógica e traumática não existe mais nos tempos de hoje, entretanto, deve-se destacar que foi muito comum séculos atrás, inclusive derivou na criação de um vocábulo para denominar estes cantores que sofreram com essa prática.

Até o ano de 400 D.C, o Império Romano do Oriente praticou esta ação e a manteve ativa pelo menos até os primeiros anos do século XIII. Em seguida, regressou com força no século XVII, mas não prosperou além do século XIX.

Basicamente o que se fazia era destruir o tecido testicular da criança sem afetar o pênis. Desta maneira garantia que o menino tivesse por toda a vida uma interpretação aguda similar a de uma mulher.

Como se pode imaginar esta intervenção era certamente muito dolorosa, assim, eram aplicados alguns medicamentos ou drogas como ópio e morfina para que os pacientes suportassem a dor.

Devemos acrescentar ainda que mesmo com essa amputação o menino era submetido a rigorosos treinos para deixar e manter a voz de forma extremamente aguda.

Como não era uma intervenção cirúrgica permitida, normalmente aconteciam acidentes ou problemas de saúde com os pacientes.

Vale destacar que na Espanha este procedimento era chamado de capón.

Carlo Broschi, mais conhecido como Farinelli, foi um dos castrati mais populares da história, de enorme influência e ação durante o século XVIII. Pertencente à nobreza italiana, Farinelli, primeiramente fez uma carreira fantástica em sua terra natal e, em seguida, sua fama se espalhou por toda a Europa.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Castrati