Conceito » Carta

Conceito de Carta




CartaCom as novas tecnologias, para muitos o conceito de carta pode variar de acordo com o que se pode pensar sobre a definição do termo carta. Com os e-mails, os correios eletrônicos e toda a parafernália do mundo moderno, o uso da carta tradicional escrita à mão sobre papel já se tornou coisa do passado, porém existem ainda pessoas que fazem uso desse meio para comunicar-se com amigos e com familiares.

A carta ainda é um instrumento que pode ser útil para muitas pessoas em momentos dos mais diversificados. No que se refere aos meios de comunicação, a carta é um dos mais antigos e utilizados pelo homem.

Existem vários tipos de carta, como por exemplo, a carta formal, onde o uso da coerência é exigido na forma da escrita, colocando cuidado em cada palavra e o uso das frases em terceira pessoa do início ao final da mensagem contida na carta.

Na carta pessoal, esta que se escreve para amigos, parentes, amores, são documentos que não possuem um modelo pré-desenhado. Neste tipo de carta a linguagem pode ser escrita com um texto mais partículas e direto; da mesma forma com que se trata normalmente o destinatário da carta. No final da carta pessoal, sempre acompanha a assinatura do remetente como forma de identificação.

A carta comercial é um meio de comunicação mais seguro dentro de uma empresa ou de uma instituição. Usada como meio efetivo de comunicação, a carta comercial deve ser simples, com textos esclarecedores e carregados de objetividade. Este tipo de carta é usado normalmente para comunicar-se com um banco, com instituições oficiais, com empresas, etc.

Existem outros tipos de carta aos quais se pode fazer referência quanto ao conceito do texto: Carta de recomendação, carta de crédito, Carta Magna, Carta de referências.

A carta é um instrumento que permite a comunicação entre pessoas, entre instituições, etc. A carta é representada por um documento guardado dentro de um envelope que pode ser enviado pelo serviço de correios ou pode ser entregues em mão do destinatário por um emissário ou pelo próprio remetente. O uso deste instrumento a nível pessoal é cada vez mais descartado devido aos novos sistemas de comunicação.

>> Próximo - Que Conceito >>