Conceito de Capital Circulante

200464127-001O termo capital circulante é muito utilizado na área da economia. Sendo assim, a partir deste contexto, podemos considerar como capital, todos os recursos que possui uma empresa ou indivíduo em particular, como os bens imóveis, as máquinas, instalações ou qualquer outro fator produtivo seja ele só ou em combinação com algum outro que possa ser vendido ou alugado no mercado para assim obter lucros com os mesmos.

Ou seja, o capital é composto pela soma de bens, recursos e valores que se possui.

O capital pode ser classificado de diversas maneiras, sendo uma delas o capital circulante, que é chamado assim porque se caracteriza pelo fato de ser consumido durante o processo produtivo e terminado quando incorporado ao produto.

Todos os bens e valores usados na elaboração de um produto, por exemplo, as matérias-primas, são consideras como capital circulante.

Por exemplo, em uma empresa, o capital circulante é composto por todos os seus ativos líquidos.

As matérias-primas ou qualquer outro material usado na obtenção de bens possuem a capacidade de ser transformados em novos valores e integrados como material ao produto obtido após o processo de produção.

As matérias-primas são conseguidas principalmente através da natureza. Após sua coleta no ambiente natural são submetidas a uma transformação e ficam à disposição do mercado como produtos de consumo.

Para conhecer o capital circulante de uma empresa é necessário fazer a seguinte conta: dos ativos correntes (numerário em caixa, estoques, matérias-primas, títulos, contas a receber) terá que restar os passivos correntes (contas a pagar, dívidas, empréstimos bancários, impostos a recolher), assim essa diferença será o capital circulante.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Capital Circulante