Conceito de Arritmia

ArritmiaA arritmia é um distúrbio caracterizado pela perda do ritmo normal. Esta doença atinge os órgãos com atividade elétrica como é o caso do coração e do cérebro.

As arritmias cardíacas se manifestam por uma alteração do ritmo cardíaco normal, são caracterizadas pelas batidas regulares apresentadas em torno de 60 a 100 vezes por minuto e são percebidas através do pulso que é sentida sobre as artérias.

As manifestações das arritmias podem ser variáveis e vão desde assintomáticas até a morte súbita. Muitas vezes se manifestam por incômodos como palpitações, taquicardia, dor no peito, pressão baixa e inclusive desmaios com perda da consciência.

As arritmias podem ser apresentadas por lesões do coração como infartos, especialmente os que afetam a estrutura conhecida como nó sinusal. Este é o lugar encarregado de produzir a atividade elétrica do coração que posteriormente será transmitido que conduz esse impulso desde os aurículos até os ventrículos permitindo realizar a função de bombeamento do sangue.

Da mesma forma que qualquer mudança estrutural que afeta o nó sinusal e o sistema de condução será capaz de ocasionar arritmias, como é o caso da insuficiência cardíaca, dilatação do coração, engrossamento por fibrose ou hipertrofia, lesões das válvulas cardíacas e infecções do músculo do coração.

Os medicamentos também podem ocasionar estes distúrbios, como é o caso do hormônio da tiroide indicado para tratar o hipotireoidismo, medicamentos para a tosse e inaladores para as infecções respiratórias e os antidepressivos. Todos eles podem causar taquicardia.

Para realizar o diagnóstico de uma arritmia é suficiente sentir o pulso e auscultar o paciente, entretanto, para conhecer o problema específico e esse mecanismo produzido é necessário praticar um estudo conhecido como eletrocardiograma, que é um registro da atividade elétrica do coração. Essa prática é muito importante e traz grande informação embora esteja limitada apenas ao ritmo cardíaco, por essa razão, é importante realizar o eletrocardiograma de 24 horas conhecido como Holter. Neste estudo, são colocados eletrodos nos pacientes e conectados dispositivos para registrar a atividade elétrica do coração ao longo do dia para assim ser analisado. Este estudo permite identificar as arritmias do tipo paroxístico, ou seja, aquelas que não estão presentes todo tempo, mas que aparecem em curtos períodos de tempo e logo desaparecem. Isso pode ocorrer após um esforço físico, alguma situação emocional, após as refeições ou durante o sono.

O tratamento das arritmias é muito variável, pode acontecer desde a suspensão ou troca de algum medicamento que o paciente está tomando, indicação de um medicamento antiarrítmico ou implantação de um dispositivo especial conhecido como marcapasso. Este é colocado abaixo da pele do tórax e possui fios que chegam ao coração para ser estimulado marcando assim o ritmo cardíaco. Atualmente existem marcapassos mais específicos que possuem um dispositivo desfibrilador, capaz de emitir descargas elétricas para reverter arritmias mortais como faz o desfibrilador externo empregado nas unidades de emergência.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Arritmia