Conceito de Arquitetura Gótica

Arquitetura-GoticaGraças ao desenvolvimento e à aplicação da arquitetura desde os tempos antigos é possível a humanidade projetar e construir todo tipo de edificações. Sem dúvida, esta arte está extremamente relacionada com a evolução do homem que em certo momento de sua existência precisou de locais fechados e confortáveis para poder viver e desenvolver-se dentro dos conformes.

Assim como a história do homem está dividida em várias etapas, a arquitetura também está. Então dependendo do período histórico em questão, podemos encontrar um tipo particular de arquitetura que caracteriza esse tempo. Isto é, os costumes, os usos e a conjuntura de uma época marcaram as tendências e definiram diversos tipos de arquitetura.

No caso de hoje, a arquitetura gótica está ligada à arte gótica, um estilo que fluiu durante sua plenitude e também durante o fim da Idade Média, por isso mesmo é que se trata de uma arte certamente em convulsão.

Pode-se dizer que neste momento, que vai do século XII até o século XV, a vida urbana prevaleceu sobre a vida rural, assim a arquitetura como não podia ser de outra forma passou a acompanhar essa mudança e propagou as construções civis para a burguesia nascente e poderosa. As universidades e as construções religiosas sofreram uma radical diferenciação com a arte anterior (românica) ao enfatizar estes tipos de edificações.

Universidades, catedrais, casas e hospitais foram as principais construções deste tempo histórico.

Vale ressaltar que a arquitetura gótica se caracterizou pela presença de dois elementos recorrentes, por um lado, o arco ogival que é um arco formado por dois segmentos de arcos que convergem em um ponto central. A primeira impressão que fica é a verticalidade da obra de construção.

E por outro lado, as abóbadas de cruzaria, outro elemento definido desta arquitetura que consiste do cruzamento de duas abóbodas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Arquitetura Gótica