Conceito de Apendicite

ApendiciteA palavra apendicite se refere a uma inflamação de estrutura anatômica conhecida como apêndice cecal. Ela é um pequeno cilindro em forma de um dedo de aproximadamente 8 centímetros de comprimento e que se estende à primeira parte do intestino grosso. Sua parede está revestida por um tecido similar aos gânglios linfáticos e cumpre uma importante função como parte do sistema de defesa do organismo.

A apendicite é a primeira causa de cirurgia abdominal de emergência em todo o mundo e ocorre na maioria das vezes entre os 20 e 30 anos de idade.

A apendicite ocorre devido à obstrução do orifício que liga o apêndice ao intestino grosso. Isto pode acontecer pelo impacto de fezes endurecidas ou por parasitas cilíndricos como os ascaris lumbricoides, que com menos frequência, podem desenvolver um tumor. Com esta obstrução, as secreções produzidas pelo apêndice se acumulam por causa de sua drenagem interrompida e aumentam sua pressão interior comprometendo a circulação local. Se a obstrução persiste ocorre a ruptura do apêndice com a saída de sua secreção para a cavidade abdominal ocasionando o que se conhece como Peritonite.

Este processo pode acontecer a qualquer hora. Durante a fase inicial, o único sintoma que aparece é uma dor difusa e não muito intensa em boa parte do abdome e ao redor do umbigo. É característico perder o apetite, pois uma pessoa com fome pode considerar-se descartada de ter apendicite. Depois de 4 a 6 horas a dor migra e se localiza na parte inferior direita do abdome; quando isso ocorre, a dor se torna cada vez mais intensa e a pressão intra-abdominal aumenta com a tosse ou espirro. Normalmente não causa febre, mas pode haver mudanças nos estudos dos laboratórios, especialmente na hematologia, que ajuda a confirmar o diagnóstico.

Entre 8 de cada 10 pacientes com apendicite não diagnosticada ou tratada a tempo ocasionam uma perfuração no intestino. Este processo ocorre aproximadamente após 48 horas do início da doença e pode trazer sequelas e complicações como a peritonite.

Diante de alguma dor abdominal, nunca se deve usar qualquer tipo de analgésico. Tirar a dor não significa saber a verdadeira causa, pois isso pode somente mascarar a situação. A dor abdominal é sempre um sintoma que merece cuidados especiais e a busca de uma avaliação médica.

>> Próximo - Que Conceito >>


Relacionados Apendicite